MANAUS

Ações preventivas da Prefeitura de Manaus reduziram em 23,45% os roubos em ônibus na cidade

O conjunto de ações da Prefeitura de Manaus para coibir assaltos em ônibus da capital tem tornado as viagens mais seguras para os usuários do transporte público da capital. Em comparação com o ano de 2023, este ano já apresenta dados positivos com redução de 23,45% na incidência de roubos dentro dos coletivos.

A tecnologia aliada a ações efetivas de fiscalização e repressão tem surtido efeito e o resultado é maior sensação de segurança à população, assim como a redução do número de assaltos. Entre janeiro e março deste ano, foram registrados 235 roubos em ônibus e, no mesmo período do ano passado, foram 307 registros.

Atualmente, 80% da frota de ônibus da cidade possuem câmeras de segurança, uma forma de coibir a ação de criminosos. A diminuição de dinheiro dentro dos coletivos também torna os ônibus ambiente menos atrativos aos bandidos. Cada vez mais, os usuários fazem uso do cartão PassaFácil, além de outras formas de pagamentos como Pix e o aplicativo “Cadê meu ônibus-Recarga”, ferramenta de compra de crédito para cartão PassaFácil e para Carteira Digital do usuário de transporte.

O diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Paulo Henrique Martins, analisou que a redução de roubos nos coletivos ocorre pela instalação de câmeras de segurança nos veículos. “Isto é natural que ocorra, porque todo bandido que entrar no ônibus para assaltar terá a imagem registrada”, ressalta.

No último dia 16/4, o IMMU e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) lançaram totens de atendimento em Terminais de Integração para permitir a recarga automática por meio de Pix ou Cartão de Crédito.

“Estamos promovendo o uso de meios eletrônicos para o pagamento de passagens, como cartões e Pix, reduzindo a necessidade de dinheiro vivo e aumentando a segurança para todos. Essas ações demonstram nosso compromisso em tornar o transporte público mais seguro e eficiente para a população de Manaus”, destacou Paulo Henrique.

Outra opção, ainda em teste, é o pagamento por meio de cartão de crédito diretamente na catraca dos terminais. Após o período de teste, a opção estará disponível dentro dos coletivos.

Um dos fatores para a redução de assaltos nos ônibus das empresas de transporte coletivo de Manaus tem sido o aprimoramento das medidas de segurança. Por meio da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), da Prefeitura de Manaus, a Guarda Municipal já completou 45 dias de ações em terminais de integração e paradas de ônibus.

As ações também se referem a medidas dentro dos coletivos com presença de guardas municipais. O reforço ocorre em diversas linhas, em especial às linhas 560 (Terminal 4/ Cidade de Deus/ Nova Cidade/ Terminal 1/ Centro), 640 (Terminal 4/ Terminal 3/ Cidade Nova/ Terminal 1/ Centro) e 652 (Terminal 4/ Terminal 5/ Ephigênio Salles/ Terminal 1/ Centro), as mais alvos de roubos. 

Durante esse período, foram abordados veículos e pessoas, resultando em uma prisão por roubo em flagrante dentro do Terminal de Integração 3 (T3). Além disso, foram apreendidas armas brancas e simulacro com um grupo suspeito. A Guarda Municipal está disponível através do número 153 para colaboração dos cidadãos com esse trabalho.

— — — 

Texto – Álisson Castro / IMMU

Fotos – Divulgação / IMMU

#gmm #immu #pmm #manaus #amazonas

Postagens relacionadas

Sine Manaus oferta 158 vagas de emprego nesta quinta-feira, 24/2

Paulo Apurina

Prefeito David Almeida determina reforma da ‘feira da Banana’ abandonada há 27 anos

Vilhena

Parceria entre construtoras e Governo do Amazonas deve impulsionar mercado imobiliário

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights