ESPORTE

Com mais de mil participantes, seletiva da prefeitura classifica 100 atletas para o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu

Como parte dos investimentos do programa “Manaus Olímpica”, a Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Manaus Esporte (FME), realizou, neste sábado e domingo, 23 e 24 de março, a seletiva classificatória para a disputa do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu 2024. O evento aconteceu no ginásio municipal Ninimberg Guerra, no bairro São Jorge, zona Oeste. Dos 1.300 inscritos, cem atletas serão contemplados com passagens aéreas para a disputa do Brasileiro, da Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu (CBJJ), entre 20 e 28 de abril, em Barueri (SP).

Na manhã de domingo, 24/3, quando ocorreu a seletiva classificatória nas categorias infantil, infantojuvenil e juvenil, o prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou que, além das passagens aéreas, os atletas selecionados serão contemplados com ajuda de custo para hospedagem e alimentação durante a estadia para a competição. “Nós estamos fazendo essa seletiva. Manaus é a Cidade Sul-Americana do Desporto e estamos investindo. Serão cem passagens doadas para os atletas classificados na seletiva amazonense para o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu e, a partir dos nossos patrocinadores, vamos dar uma ajuda de custo de R$ 1 mil para aqueles atletas. Com isso, incentivamos a prática do desporto, principalmente o jiu-jítsu”, afirmou.

A seletiva foi aberta ao público masculino e feminino, nas categorias infantil, juvenil, adulto e master. “No ano passado, nós realizamos a primeira seletiva, foram cinquenta passagens ofertadas, este ano, cem passagens ofertadas, nós dobramos para 2024, em função também de Manaus ser a Cidade Sul-Americana do Desporto. Esse evento faz parte do calendário de ações. No sábado, competiram os adultos e o master, e, domingo, foi a vez da garotada”, destacou o diretor-presidente da FME, Aurilex Moreira.

Um dos talentos do programa “Manaus Olímpica”, a atleta Isabely Costa, de 13 anos, faixa verde de jiu-jítsu, reconhece a importância do incentivo para conquistar novos títulos e seguir evoluindo na modalidade. Ela mantém uma rotina rigorosa de treinos na academia CDL no Tatame, na comunidade Cidade das Luzes, bairro Tarumã-Açu, zona Oeste. “Eu sou campeã seis vezes amazonense, bicampeã sul-americana, campeã mundial do Super-JJP e campeã sul-americana do Super-JJP. É muito importante o que a Prefeitura de Manaus faz, porque muitas pessoas e adolescentes não têm condições de comprar uma passagem para ir para fora do nosso Estado. Esse trabalho vem para realizar sonhos e eu sou uma prova disso. Se não fosse a Prefeitura de Manaus me ajudando, eu não teria saído do Amazonas e conquistado o campeonato mundial em São Paulo”, celebrou a atleta.

Para o coordenador da seletiva pela FME, Orley Lobato, as avaliações representam um grande avanço para o esporte na cidade, pois Manaus é um celeiro de campeões. “Isso é um sonho que muitos lutadores queriam um dia, de termos passagens, um apoio. Nós temos vários campeões morando fora do Brasil. Isso é uma oportunidade muito grande para todos eles”, pontuou. Nos próximos dias, os atletas selecionados serão convocados para iniciar os trâmites de documentação, inscrições e preparativos para o Brasileiro de Jiu-Jítsu.

Fonte: FME

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Abel garante Piquerez pronto para jogar no Mundial: ‘Vai estar a voar’

Jamil Maciel

Dudu ou Gabigol? Veja os maiores salários do futebol brasileiro

Paulo Apurina

Prefeitura de Manaus faz seletiva de atletismo e jogo de queimada, na zona rural

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights