CULTURA MANAUS

Concultura reúne escolas de samba para orientar sobre a Pnab

Prefeitura de Manaus, por meio do Conselho Municipal de Cultura (Concultura) e Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) realizou, na terça-feira, 21/5, no Palácio Rio Branco, uma reunião inédita com todos os dirigentes das escolas de samba de Manaus – dos grupos de acesso e especial -, para tratar da participação das agremiações na Política Nacional Aldir Blanc (Pnab) e Cultura Viva.

Na apresentação da Pnab e Cultura Viva, políticas culturais do Governo Federal por meio do Ministério da Cultura (MinC), o presidente do Concultura, Neilo Batista, destacou a importância da reunião com a participação de todos os presidentes das escolas e informou que na condição de Pontos de Cultura, as escolas podem se credenciar e candidatar a receberem os recursos oferecidos pelas leis de incentivo à cultura.

“As escolas não vivem somente para dia do desfile e, sim, como centros socioculturais, que promovem durante o ano inteiro, eventos e projetos nessa área, o que as credenciam a candidatarem-se  aos recursos da Pnab e Cultura Viva, por um período contínuo de cinco anos”, informou.

Para o presidente da Manauscult, Reginei Rodrigues, a reunião das agremiações produziu um diagnóstico com sugestões de medidas para reabilitar o Carnaval e levá-lo ao nível que já foi nos anos 80 e 90, quando era considerado o segundo melhor do Brasil.

“De imediato, podemos encampar as demandas de reajuste do valor do fomento municipal e a articulação para que o sistema de transporte funcione 24 horas durante os dias de desfile no Sambódromo, com vistas à trazer de volta o grande público. As outras demandas dependem do Estado, mas podemos ajudar na intermediação”, disse Rodrigues.

A presidente da escola de samba Mocidade Independente do Coroado, Lilian Cássia, disse ter conhecimento da Pnab, mas teme o processo burocrático e os prazos. “Queremos ter mais informação, porque temos intenção de buscar o incentivo tanto da Pnab quanto do Cultura Viva”, relatou.

O presidente da Unidos do Alvorada, Mário Jorge Jimenez, solicitou que fosse feita uma oitiva voltada ao Carnaval.

Como resposta aos questionamentos dos dirigentes, o presidente Neilo informou que a atual reunião foi registrada e será considerada uma oitiva. Quanto ao processo de registro, o conselho vai auxiliar as escolas orientando no cadastro junto ao MinC.

O presidente informou, também, que já está funcionando o Observatório Pnab, uma sala na sede do Concultura equipada com computadores e pessoal treinado a realizar inscrições e tirar dúvidas sobre todo o processo da Pnab e Cultura Viva.

Carnaval 2024

Na pauta das demandas sobre o Carnaval, os presidentes fizeram sugestões e pedidos de melhorias que vão desde a infraestrutura, transporte público e medidas legais para facilitar a execução, objetivando recuperar o prestígio e sucesso da grande festa popular do período de glória de décadas atrás.

O presidente do Concultura se comprometeu em articular uma audiência pública junto à Câmara Municipal de Manaus (CMM), além de articular com o presidente da Manauscult, e buscarem juntos, tratativas com a prefeitura e governo do Estado.

— — —

Texto – Cristóvão Nonato / Concultura

Fotos – Fábio Simões / Concultura

#conculturamanaus #pnab #pmm #manausamazonas

Postagens relacionadas

Show piromusical com fogos de baixo ruído é destaque do ‘Réveillon Sustentável: Manaus Floresta Viva’

Vilhena

Corpo de Bombeiros impede propagação de incêndio em residência no bairro da Raiz

Jamil Maciel

Prefeitura de Manaus mantém atividades essenciais no feriado da Padroeira do Amazonas

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights