EDUCAÇÃO

Curso de Dança da UEA recebe nota máxima em avaliação do Conselho Estadual de Educação

O objetivo do curso é capacitar os estudantes para compreender e analisar, de forma crítica, a dança em suas inter-relações estético-políticas, histórico-evolutivas e socioculturais

O curso de bacharelado em Dança da Escola Superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (Esat/UEA) recebeu nota 5, o conceito máximo concedido pelo Conselho Estadual de Educação do Estado do Amazonas (CEE/AM).

O objetivo do curso é capacitar os estudantes para compreender e analisar, de forma crítica, a dança em suas inter-relações estético-políticas, histórico-evolutivas e socioculturais, proporcionando a habilidade de estabelecer conexões com outras linguagens artísticas.

O reitor da UEA, André Zogahib, expressou alegria pela conquista da universidade e parabenizou a equipe de docentes e discentes. “Este reconhecimento é fruto do empenho e dedicação de todos os envolvidos, incluindo professores, coordenadores e alunos. Estamos orgulhosos de ver o curso se destacando e se aprimorando constantemente”, destacou.

Para o pró-reitor de Ensino de Graduação, Fábio Carmo, a Prograd realiza um trabalho para que todos os cursos da universidade, tanto da capital quanto do interior, tenham esse aumento de nota. “Isso é muito importante porque mostra o papel da universidade e que o ensino está sendo feito com qualidade, que estamos buscando melhorar os cursos, as unidades e a capacidade docente. Também estamos dando maior visibilidade ao curso”, enfatizou.

A coordenadora do curso, Cíntia Melo, ressaltou o orgulho e a gratidão pela conquista da nota máxima. “A nota demonstra que o curso de Bacharelado em Dança da UEA está melhorando cada vez mais sua organização didático-pedagógica, pensando em políticas institucionais, qualificação docente e discente, estrutura curricular e metodologias.”, afirmou.

A professora também segue dizendo que essa conquista está ligada à capacidade do curso de adaptar-se às rápidas mudanças sociopolíticas, econômicas e culturais. “Isso permite que os estudantes possam avaliar a qualidade do curso que estão planejando fazer, demonstrando uma melhora significativa em relação à nota anterior, que era 4”, finalizou.

Fonte: Assessoria de Imprensa da UEA

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Prefeitura de Manaus reafirma a importância da capacitação dos servidores públicos no ‘1⁰ Encontro das Escolas de Governo do Norte’

Jamil Maciel

Matrícula de novos alunos na rede pública de ensino inicia nesta quarta-feira

Jamil Maciel

Lei que garante bolsas para docentes da educação básica é sancionada

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights