AMAZONAS

Em sete horas de mutirão, mais de 40 mil pessoas foram vacinadas contra a Covid-19

Saiba aonde ficam os pontos de vacinação abertos em sistema de viradão – até às 18 hs de hoje:

Prefeitura de Manaus contabilizou mais de 40 mil pessoas vacinadas contra a Covid-19, até as 16h deste sábado, 28/8, nos 39 pontos de atendimento abertos pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para a intensificação da vacinação de segunda dose. Do total de doses aplicadas (45.484), 35,2 mil foram em pessoas que encerraram o esquema vacinal de duas doses com os imunizantes da AstraZeneca, Pfizer e CoronaVac. Outras 10,2 mil pessoas, com idade a partir de 12 anos, receberam a primeira dose.

O atendimento à população segue nos locais que funcionarão até as 18h desse domingo, 29/8, sem intervalo: sambódromo e Arena da Amazônia, que atendem exclusivamente em sistema de drive-thru, e Centro de Convenções Vasco Vasques, onde são recebidos apenas os pedestres.

O mutirão de vacinação está sendo realizado pela Prefeitura de Manaus, em parceria com o Governo do Amazonas, para facilitar o acesso da população à segunda dose, dentro dos intervalos estabelecidos: 28 dias para quem tomou CoronaVac; 84 dias para os vacinados com a primeira dose de Pfizer e 56 dias para quem tomou AstraZeneca. Para este imunizante, o prazo foi reduzido de 12 para oito semanas, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

A secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, explicou que a realização do mutirão e a redução do intervalo entre doses, no caso da AstraZeneca, visam acelerar a cobertura vacinal em Manaus, onde já foram identificados quatro casos de Covid-19 causados pela variante Delta. “Com 36 pontos de vacinação espalhados em toda a cidade e os três que vão funcionar durante a noite, a madrugada e até as 18h de domingo, acreditamos estar dando, conforme determinou o prefeito David Almeida, comodidade aos usuários e oportunidade àqueles que não podem procurar os postos nos horários tradicionais de funcionamento”, ressaltou.  

Shádia avaliou como positiva a resposta do público neste sábado e diz que a expectativa é de que os três pontos que seguem abertos até domingo tenham intenso movimento durante as próximas horas e ao longo do dia.

Um dos usuários que contribuíram para os números da vacinação neste sábado foi o motorista de transporte coletivo Mário Moura, que agitou a Unidade Básica de Saúde (UBS) Ivone Lima, na zona Leste, com o grito de guerra “tô vacinado”, depois de receber sua segunda dose de AstraZeneca. Mário disse que a vacina é importante para que todos possam viver “uma vida com esperança e um futuro melhor” e que tem feito a sua parte para ampliar a conscientização das pessoas. “Só entram no meu ônibus os passageiros que usam máscara e eu oriento todo mundo a seguir as regras no trajeto”, assegurou.  

A aposentada Telma Teixeira de Araújo também estava tomando a segunda dose da vacina na zona Leste e já adiantou que, se tiver a terceira dose, ela está pronta para se vacinar. “Eu quero é ser vacinada, quero viver e ser feliz”. Telma aproveitou para incentivar os que ainda não tomaram a segunda dose e contou que a vacina a fez se sentir mais segura e a ajudou, inclusive, a superar o quadro de depressão em que se encontrava durante o início da pandemia.

Ranking

Dados da Semsa mostram que os postos com maior número de pessoas vacinadas até as 16h deste sábado foram o shopping Phelippe Daou, na zona Norte, que atendeu 4.095 pessoas; o Centro de Convenções Vasco Vasques (4.074) na zona Oeste; e o Studio 5 (3.985), na zona Sul.

O sambódromo (3.773), na zona Oeste; o Centro de Convivência Padre Pedro Vignola (3.033), na zona Norte; a Arena da Amazônia (2.688), na zona Oeste; e o Sesi (2.357), na zona Leste, vieram a seguir na relação de unidades com maior número de vacinas aplicadas individualmente, somando um total de 23,3 mil doses. Os demais pontos (33 unidades de saúde e escolas da rede pública) vacinaram, juntas, 24 mil pessoas até as 16 horas.

Documentos

Os documentos necessários para os usuários que irão receber a segunda dose são: documento de identificação original com foto, CPF e carteira de vacinação, com o registro da primeira dose. Para quem ainda vai tomar a primeira dose é preciso apresentar, além desses o comprovante de residência que ateste moradia em Manaus, com cópia.

Os adolescentes de 12 a 17 precisam levar os mesmos documentos, mas se não tiverem documento de identidade , podem apresentar a certidão de nascimento, e se não tiverem CPF, podem levar o Cartão Nacional do SUS. Além disso, precisam estar acompanhados de um responsável maior de 18 anos que, não sendo o pai ou a mãe, deve assinar uma declaração de responsabilidade.

A Semsa orienta para o preenchimento prévio do cadastro de usuário no sistema Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br), escolhendo o botão “Cadastro do Cidadão”. O cadastramento não é obrigatório, mas de acordo com a coordenação da campanha de imunização, reduz o tempo de atendimento nos postos.

Pontos de vacinação abertos em sistema de viradão – até as 18 hs de hoje:

Sambódromo

Avenida Pedro Teixeira, 2.565 – Dom Pedro

Somente para drive-thru

Arena da Amazônia

Avenida Constantino Nery, 5.001 – Flores (Acesso pela rua Jornalista Flaviano Limongi)

Somente para drive-thru

Centro de Convenções Vasco Vasques

Avenida Constantino Nery, 5.001 – Flores

Somente para pedestre

— — —

Texto – Andréa Arruda / Semsa

Fotos – Marcely Gomes/Semcom

Postagens relacionadas

Escola de Contas Públicas do TCE-AM realizará roda de conversa sobre Regime de Previdência Complementar

Paulo Apurina

Oportunidade: Sine Manaus oferta 254 vagas de emprego nesta segunda-feira, 9/8

Paulo Apurina

Roberto Cidade inspeciona obra na rede de drenagem do Parque das Laranjeiras

Paulo Apurina