AMAZONAS BRASIL POLÍTICA

Exclusivo: Alberto Neto articula apoio de Bolsonaro para reeleição de Wilson Lima no AM

A ideia é se filiar no PTB, de Roberto Jefferson, que tem dois irmãos secretários no governo do AM. Romero Reis seria o vice. Coronel Menezes ficaria fora da disputa do Senado. Movimento Conservador do Amazonas aclama General Pazuello para Governador

Bastidores da Politica

Sem o apoio que teve em 2018, dos Bolsonaristas, o deputado federal Alberto Neto (PRB) tenta uma grande jogada ao se filiar no PTB, de Roberto Jefferson, que tem dois irmãos secretário no governo do Amazonas e é muito próximo do presidente Bolsonaro. As articulações estão avançadas e seu atual aliado, Romero Reis, deverá ser o vice na chapa de Wilson Lima para reeleição em 2022.

Pernada

Romero Reis terminou a amizade pessoal e politica com o Coronel Menezes, por este não apoiar sua candidatura para a prefeitura de Manaus em 2018 e ter sido também candidato a prefeito, agora aliado de Alberto Neto estaria também se filiando ao PTB para ser vice governador na chapa do governador Wilson Lima.

A ideia é escolher um candidato ao senado e minar Menezes.

Wilson Lima é repelido pelo Movimento Conservador do Amazonas chegando a ser vaiado quando estava ao lado do presidente da República durante a inauguração do centro de convenções Vasco Vasques.

Jogo de Acusações: Menezes x Romero

Romero Reis acusa Coronel Menezes de ser ‘Traíra’ e só pensar nele mesmo.

Coronel Menezes acusa Romero Reis de ter se ‘filiado ao Novo’, partido que segundo ele seria de centro esquerda mas que elegeu até governador apoiando Bolsonaro, e por isso o motivo do racha.

Menezes andava de braços dados com Romero e se diziam amigos de fé e o apresentava como pré candidato a prefeito de Manaus.

Os ex amigos promovem barracos nas entrevistas aos sites do AM e nas redes sociais num verdadeiro jogo de acusações.

Quem será que fala a verdade? O tempo dirá!

Briga de Onça x Tamanduá

Realmente politica não é para amadores e tanto Menezes quanto Romero, que antes de Bolsonaro chegar ao poder ninguém nunca ouviu falar nos dois, ao não se entenderem em público deixam o eleitor sem entender ‘quem é quem no jogo do bicho’ como se diz aqui no Amazonas.

Menezes se auto intitula a principal liderança do governo federal no estado e o maior interlocutor do Presidente Bolsonaro no Amazonas e não dar espaço pra ninguém chegar perto de seu padrinho de casamento, Bolsonaro, deixando que os principais lideres Conservadores do Amazonas, quando estão em Brasília, seus aliados, sejam atendidos no cercadinho do Palácio do Alvorada e não no Palácio do Planalto aonde merecem.

O resumo da opera é que, caso não ganhem nada em 2022, voltarão para o ostracismo pois ambos não agregam nada ao presidente Bolsonaro.

Em briga de Onça com tamanduá os dois sempre morrem abraçados.

Conservadores do Amazonas aclamam Pazuello Governador

Durante entrevista ao lado da presidente da CCJ da Câmara dos Deputados, deputada federal Bia Kicis, perguntado pelo reporter da Rede Boas Novas, se a Direita estava rachada no Amazonas o líder do Movimento Conservador do Amazonas respondeu: “Não esta rachada não. Os Conservadores acordaram e não vão apoiar os oportunistas que pegaram carona no Movimento Pró Bolsonaro em 2018. Vamos apoiar Bolsonaro, Coronel Menezes e General Pazuello. Nossa intenção é eleger pessoas que sejam realmente comprometidas com a pauta Conservadora. Se tivesse alguém comprometido realmente com a pauta Conservadora estaria aqui ao nosso lado”.

De olho na eleição para o governo do Amazonas o Movimento Conservador do Amazonas, liderados por Sérgio Kruke, decidiu aclamar a candidatura do ex ministro da saúde, General Pazuello, para governador em 2022.

Ao ser perguntado pelo diretor presidente do Amazonas Pix, Paulo Apurinã, durante a inauguração do centro de convenções Vasco Vasques em Manaus, se será candidato ao governo do Amazonas Pazuello disse: “Não serei candidato”.

Veja vídeo:

Por Paulo Apurinã – DRT 0001271/AM

Postagens relacionadas

PIM alcança faturamento expressivo em agosto, com expectativas de recorde de vendas até o final do ano

Paulo Apurina

Brasil é o maior exportador de comida halal no mundo

Paulo Apurina

Prefeito de Manaus David Almeida participa do lançamento do novo sistema de compliance da Cigás

Jamil Maciel