SAÚDE

FCecon oferece acompanhamento nutricional antes de cirurgias de médio e grande portes

Objetivo é evitar complicações posteriores aos procedimentos cirúrgicos e reduzir o tempo de internação dos usuários

Pacientes que irão se submeter a cirurgias abdominais de médio e grande portes recebem acompanhamento nutricional na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM). O objetivo é evitar complicações posteriores aos procedimentos cirúrgicos e reduzir o tempo de internação dos usuários.

O preparo nutricional pré-operatório é realizado por meio de um suplemento hiperproteico com nutrientes para preparar o sistema imunológico do paciente, antes de receber a cirurgia. O protocolo é oferecido na FCecon desde novembro de 2022.

“O suplemento hiperproteico possui nutrientes específicos que estimulam a cicatrização e que estimulam o sistema imune a responder melhor ao processo cirúrgico”, explica Ábner Paz, nutricionista da FCecon.

Como funciona?

O preparo nutricional é indicado para pacientes que realizam cirurgias abdominais de médio e grande portes, como a laparotomia exploradora; cirurgias de intestino e reto; de retirada de estômago; de esôfago; e as exenterações pélvicas, nas quais são retirados útero, colo do útero, ovários, vagina e, às vezes, a bexiga, uretra e/ou reto.

Às sextas-feiras, os usuários elegíveis para as cirurgias são encaminhados ao Serviço Social. Nos casos que se enquadram no protocolo, o paciente é agendado para atendimento com um nutricionista também às sextas-feiras, à tarde.

Durante a consulta, o paciente é orientado a ingerir o preparo nutricional entre 5 a 7 dias antes da cirurgia. Além disso, recebe orientações sobre o que deve evitar comer, como frituras, alimentos gordurosos, industrializados, engarrafados e enlatados.

Redução de riscos

O paciente que se submete a uma cirurgia tem o risco de complicações, ainda mais os oncológicos, como riscos de deiscência de sutura (abertura de pontos), fístulas operatórias e infecções de ferida operatória.

“O maior benefício deste protocolo é a rápida recuperação no pós-operatório e ida mais cedo para casa, sem complicações”, destaca Ábner Paz.

Números

No ano de 2023, o serviço de Nutrição da FCecon realizou em torno de 3.600 atendimentos ambulatoriais, incluindo o acompanhamento pré e pós-cirúrgico e demais atendimentos a pacientes com o estado nutricional afetado pelo câncer.

Além do atendimento ambulatorial, o serviço de Nutrição também oferece acompanhamento aos pacientes internados.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Fundação Cecon

Foto: Laís Pompeu

Postagens relacionadas

Prefeitura de Manaus colabora com Ministério da Saúde em levantamento epidemiológico da saúde bucal

Paulo Apurina

NUTRIÇÃO INFANTIL: Prefeito anuncia reposição de produtos do programa ‘Leite do Meu Filho’

Paulo Apurina

‘Urina preta’: FVS-RCP divulga boletim com o balanço anual de casos compatíveis com Doença de Haff no Amazonas

Jamil Maciel
Verified by MonsterInsights