BRASIL

Governo inaugura 96 quilômetros de rodovia pavimentada em Goiás

Trecho restaurado da BR-414 liga Niquelândia a Assunção de Goiás 

O Ministério da Infraestrutura inaugurou hoje (6) as obras de recuperação do pavimento da BR-414, no trecho de 96 quilômetros entre os municípios goianos de Niquelândia e Assunção de Goiás. A rodovia é considerada um importante corredor logístico para os setores de mineração e agropecuário do norte de Goiás. Foram investidos, no total, R$ 44,8 milhões na reforma do trecho.

Segundo informações da pasta, as obras realizadas incluem a eliminação de pontos críticos da rodovia, com a adequação de travessias urbanas nas localidades de Vila Taveira e de Quebra Linha, além da interseção com a rodovia estadual GO-564.

“Trazer uma estrada, no final das contas, significa trazer prosperidade. A gente vai facilitar a vida daqueles que aqui exploram a atividade econômica, que tentam trazer emprego, que tentam desenvolver uma atividade que vai beneficiar toda uma região”, afirmou o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, durante cerimônia de inauguração da rodovia reformada.

A obra da BR-414 é fundamental para acessar Niquelândia, que possui uma das maiores reservas de níquel do mundo, minério utilizado diretamente na produção de aço. A região conta com a presença de multinacionais do setor, como a Votorantim e Anglo América. Além da extração de minérios, a região também se destaca pelo ecoturismo e turismo religioso.

A recuperação asfáltica também facilita parte do caminho de Niquelândia até Anápolis, na região central do estado, que é um importante centro logístico, que possui o Porto Seco Centro-Oeste, as ferrovias Norte-Sul e Centro-Atlântica, e as rodovias federais BR-153 e BR-060.

Em 2020, o governo federal já havia realizado a adequação e restauração de 17 quilômetros entre as cidades de Cocalzinho de Goiás e de Corumbá de Goiás, também na BR-414, incluindo a implantação de 7,8 quilômetros de terceiras faixas adicionais nos dois sentidos da rodovia.

Fonte: Agencia Brasil

Foto: Vinicius Rosa

Postagens relacionadas

Ministro do STF decide que ICMS de combustíveis deve ser unificado

Paulo Apurina

Com depoimento de Luiza Brunet, Câmara discute PL do Estatuto da Vítima

Paulo Apurina

Governo prevê implantação de 216 escolas cívico-militares até 2022

Jamil Maciel