EDUCAÇÃO MANAUS SAÚDE

Manaus é a cidade que mais investe em saúde e educação na região Norte

Manaus foi a cidade que mais investiu nas áreas da saúde e educação em 2022 na região Norte. A Prefeitura aplicou R$ 1,3 bilhão na saúde e mais de R$ 2 bilhões na rede de ensino. Em ambos os casos, o aumento feito pela atual gestão foi significativo, quando comparado aos valores aplicados nos cinco anos anteriores.

Em nível nacional, a capital amazonense figura como a quinta que mais investimentos fez no setor educacional, ficando atrás apenas de grandes centros urbanos brasileiros, do sudeste e nordeste brasileiros.

É o que revela o 19º Anuário Multicidades – Finanças dos Municípios do Brasil/2024, publicado pela Frente Nacional de Prefeitas e Prefeitos (FNP), com elaboração da Aequus Consultoria, e divulgado neste mês de dezembro. A publicação apresenta tabelas com dados sobre a evolução dos principais itens da receita e da despesa de 106 municípios brasileiros (os maiores em população), desde 2018 até 2022.

O estudo atuou com base nos dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos da Saúde (Siops) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Revolução na Saúde

Sexta cidade mais populosa do país – pouco mais de 2 milhões de habitantes, Manaus ficou em primeiro lugar da região Norte, em se tratando de investimentos na saúde. Foram R$ 1,3 bilhão aplicados na área, seguida por Belém, com R$ 1,1 bilhão.

A cidade paraense de Parauapebas ocupou a terceira posição, com R$ 523,2 milhões; com as capitais Porto Velho (RO), R$ 485,5 milhões; e Boa Vista (RR), com R$ 364,4 milhões, na sequência.

Já na evolução dos investimentos nesse setor, Manaus também teve aumento significativo, comparados aos recursos contabilizados em 2018. Naquele ano, foram investidos R$ 1,027 bilhão na saúde, cerca de R$ 300 milhões a menos do que no ano passado, quando atingiu os R$ 1,3 bilhão.

A saúde da capital se destaca também pela continuidade dos esforços no combate à pandemia, o que fortalece a rede de assistência, e retomando importantes ações e investimentos da atual gestão municipal.

Ao final de 2022, Manaus era eleita pela terceira vez consecutiva 1º lugar no Previne Brasil; com elevação da cobertura da Atenção Básica para 73,29%; com mais de 50 mil atendimentos por telemedicina, mais de 14 mil crianças atendidas pelo programa Leite do Meu Filho e 400 convocados por intermédio de concurso público.

Números que só aumentaram em 2023, com Manaus conquistando por seis vezes consecutivas o topo do ranking no Previne Brasil. Além disso, a cobertura da Atenção Primária à Saúde (APS) alcançou a marca de 81% e 17 unidades de saúde foram reformadas, revitalizadas e ampliadas, somente ao longo deste ano. Um investimento contínuo e de cuidado da gestão municipal, que chega à marca de 62 UBSs revitalizadas.

Destaque também na educação

O município também foi o que mais investiu na educação, dentre os municípios da região Norte, com R$ 2 bilhões em 2022. Em seguida, vem a capital Belém (PA), com R$ 763,5 milhões; e a cidade paraense de Parauapebas, com R$ 560,6 milhões.

Em quarto lugar está, segundo o estudo da Frente Nacional de Prefeitas e Prefeitos, a capital Boa Vista, com R$ 528,4 milhões. E a cidade de Santarém, também no Pará, na quinta colocação, com R$ 507,1 milhões.

Em nível nacional, a capital amazonense ficou atrás de São Paulo (R$ 20,7 bilhões), Rio de Janeiro (R$ 5,8 bilhões), Belo Horizonte (R$ 2,7 bilhões) e Fortaleza (R$ 2,3 bilhões).

Na evolução dos investimentos em educação, a cidade também teve aumento significativo. Em 2018, o município tinha investido R$ 1,6 bilhão, cerca de R$ 400 milhões a menos do que em 2022, quando passou dos R$ 2 bilhões.

Todo esse destaque se deve à retomada das ações e investimentos realizados pela atual gestão municipal, sobretudo no pós-período mais crítico da pandemia. Ao final do ano passado, 241 escolas estavam reformadas, revitalizadas e ampliadas; R$ 220 milhões foram investidos na valorização dos servidores, e 23,4 mil toneladas de merenda escolar servidas ao longo do ano aos alunos da rede municipal.

Realidade que foi ampliada neste ano de 2023, mostrando que os investimentos na educação são prioridades da atual gestão.

A Prefeitura de Manaus finaliza este ano com 334 unidades escolares reformadas, revitalizadas e ampliadas; valorização dos profissionais da educação, com reajustes concedidos acima da inflação; além de internet via satélite para 75 escolas rurais de Manaus, entre outros investimentos.

Texto – Cristiane Silveira / Semcom

Fotos – Arquivo / Semcom

Postagens relacionadas

Amazonas sedia evento internacional para discutir o futuro da economia sustentável e criativa

Vilhena

Mais Médicos lança edital com 5.970 vagas

Vilhena

CAPACITAÇÃO – Prefeitura de Manaus oferta 60 vagas para oficina do projeto ‘Qualifica Artista Manauara’

Vilhena
Verified by MonsterInsights