ESPORTE

Neymar rebate críticas sobre forma física: ‘Na próxima peço camisa M’

Torcedores pegaram no pé do camisa 10 da seleção após partida abaixo do craque brasileiro diante do Chile, em Santiago

Criticado nas redes sociais por estar aparentemente fora de forma, Neymar se defendeu com bom humor, na madrugada desta sexta-feira (3), após a vitória da seleção brasileira sobre o Chile por 1 a 0, em Santiago, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

“A camisa era G. Tô no meu peso já. No próximo jogo peço a camisa M”, disse Neymar, entre emojis de risadas, em seu perfil nas redes sociais. O atacante fez uma partida bem abaixo do esperado na capital chilena, apagado durante boa parte do jogo e exibindo falta de ritmo.

Neymar se apresentou à seleção após disputar apenas uma partida nesta nova temporada europeia. Ele estreou no domingo passado, em jogo do Paris Saint-Germain no Campeonato Francês, e não permaneceu em campo durante os 90 minutos – foi substituído pelo então estreante Lionel Messi.

Na noite desta quinta, a falta de ritmo do atacante era visível em campo. Até o técnico Tite reconheceu a atuação abaixo do esperado do craque. “Todos os atletas ficam prejudicados na sua condição técnica no reinício. Não é um privilégio dele. Está aí o Matheus Cunha, que teve lesão, quase não veio (para a seleção), e entrou só uma parte no jogo.”

Também pelas redes sociais, Neymar reconheceu que a seleção jogou mal em Santiago, apesar do triunfo. “Jogamos bem? Não! Ganhamos? Sim! Então f… Segue o baile. Seguimos fazendo história”, afirmou, usando um palavrão para comentar a partida.

Ao fim da partida, o auxiliar técnico da seleção, Cléber Xavier, admitiu que a preocupação no momento é recuperar aqueles que foram titulares na noite de quinta. “Temos todo o cuidado agora. Amanhã (sexta) é dia para recuperar os atletas. No sábado, teremos um treino só para poder ir para o jogo no domingo. Temos que cuidar da recuperação, para buscar o melhor deles no domingo”, comentou.

Líder isolada das Eliminatórias Sul-Americanas, a seleção brasileira volta a campo no domingo (5) para fazer o clássico com a Argentina, na Neo Química Arena, em São Paulo. Para o jogo, Tite terá que fazer ao menos uma mudança entre os titulares. O zagueiro Marquinhos levou o segundo cartão amarelo e terá que cumprir suspensão.

Fonte: R7

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Lewandowski supera Messi e é o melhor do mundo pela segunda vez

Jamil Maciel

Jogador que agrediu árbitro com chute recebe liberdade provisória

Paulo Apurina

CBF detalha jogos de ida das quartas de final da Copa do Brasil

Paulo Apurina