OPORTUNIDADE

PAA Indígena: Idam projeta cadastrar 80 produtores rurais no programa nesta semana

As ações de cadastramento ocorrem nos municípios de Barreirinha, Manaquiri e Eirunepé

Barreirinha, Manaquiri e Eirunepé (a 331 quilômetros, 60 quilômetros e 1.160 quilômetros distante respectivamente de Manaus), devem contabilizar, nesta semana, 80 cadastros de produtores rurais indígenas no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) Indígena. A expectativa é do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), responsável pelo cadastramento dos trabalhadores no programa.

Do total de cadastros esperados, 50 devem ocorrer em Barreirinha, 20 em Manaquiri e 10 em Eirunepé, segundo estimativa do Idam, que realiza as inscrições por meio das Unidades Locais (UnLoc) nos municípios.

Em Barreirinha, o cadastramento iniciou na última quinta (11/1) e será intensificado nesta semana. “Já foram registrados 30 cadastros e, nesta semana, deveremos realizar mais 50, uma garantia para que os indígenas da Terra Indígena Andirá-Marau tenham acesso ao PAA”, disse o gerente da UnLoc Idam em Barreirinha, Rafael Koide, ao acrescentar que os trabalhos têm sido realizados pelo instituto em parceria com a prefeitura local e lideranças indígenas.

Já em Manaquiri, a expectativa é credenciar 20 produtores no programa durante toda esta semana. “Técnicos do Idam já se reuniram com os agricultores familiares indígenas e iniciaram o trabalho de divulgação do PAA Indígena. Com isso, temos reforçado os benefícios e já demos o ‘start’ no cadastramento”, pontuou o gerente da UnLoc do Idam na cidade, Ricardo Sobreira.

Estimativa de R$ 1,5 milhão
No município de Eirunepé, o Idam tem marcado presença nas aldeias Beija-Flor e Kanamari Flexeira, onde quatro famílias já garantiram o ‘passaporte’ ao PAA. “Nesta semana, a nossa meta é cadastrar mais 10 famílias, garantindo a essas famílias, pelo menos, R$ 1,5 milhão por meio programa”, projetou o gerente da UnLoc do Idam em Eirunepé, Marden Augusto.

O PAA Indígena
O PAA Indígena é um programa do Governo Federal destinado aos povos originários e comunidades tradicionais. No Amazonas, o edital do programa foi anunciado pelo governador Wilson Lima no final do ano passado.
Em território amazonense, o PAA Indígena é executado pela Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror).

Fonte: Idam

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

‘É a esperança de que vamos encontrar um lugar mais seguro’, diz a beneficiária reassentada pelo Prosamin+

Jamil Maciel

Sine Amazonas divulga 225 vagas de emprego para esta terça-Feira

Jamil Maciel

Em Borba, Governo do Amazonas regulariza documentação de produtores da RDS do Canumã

Jamil Maciel
Verified by MonsterInsights