AMAZONAS ECONOMIA MANAUS POLÍTICA

PIB do Amazonas cresce 1,9% no 1º trimestre de 2024

Setor industrial cresceu 7,2%, alcançando R$ 13,2 milhões, o maior aumento entre os setores

O Produto Interno Bruto (PIB) do Amazonas registrou um crescimento real de 1,9% no 1º trimestre de 2024, após descontada a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O valor total do PIB para o período foi de R$ 40,3 milhões, apresentando um crescimento nominal de 5,9% em comparação ao mesmo trimestre do ano anterior. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), nesta quarta-feira (26/06).

Indústria lidera

De acordo com o titular da Sedecti, Serafim Corrêa, o crescimento real do PIB demonstra que, mesmo diante dos desafios, o Amazonas continua a avançar e a fortalecer a economia. “Esse é um número muito positivo, puxado pela indústria, que teve um crescimento significativo. Portanto, o Amazonas, apesar de todas as dificuldades da estiagem do ano passado, no primeiro trimestre deste ano, teve resultados positivos”.

O setor industrial destacou-se com R$ 13, 2 milhões, com um crescimento nominal de 7,2% em relação ao 1º trimestre de 2023, o maior aumento entre os setores. De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Indústria Geral cresceu 4,1% na comparação anual e 18,5% em relação ao 4º trimestre de 2023. As Indústrias Extrativas caíram 5,1% e 6,6%, respectivamente, enquanto a Indústria de aumentou 5% na comparação anual e 24,7% em relação ao trimestre anterior.

Serviços e agropecuária

De acordo com a secretária-executiva de Planejamento da Sedecti, Sonia Gomes, outro setor que se destacou foi o de Serviços, que alcançou R$ 18,8 milhões no 1º trimestre de 2024, crescendo 5,9% em comparação ao 1º trimestre de 2023, seguido pela Agropecuária, com R$ 1,5 milhões no 1º trimestre de 2024, apresentando um crescimento nominal de 2,5% em relação ao 1º trimestre de 2023.

“Isso mostra que nossa economia continua crescendo, apesar da grande seca que tivemos. E reforça o compromisso do Estado em fomentar ainda mais o desenvolvimento sustentável e a geração de oportunidades para todos os amazonenses”, afirma Sônia Gomes.

A Pesquisa Mensal do Serviço (PMS) do IBGE apontou um aumento de 11,6% na receita nominal e 5,5% no volume de serviços em relação ao mesmo período do ano anterior. Comparado ao 4º trimestre de 2023, o crescimento foi de 0,9% na receita nominal e 1,8% no volume de serviços. Segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), o volume de vendas no comércio subiu 2,97% na comparação anual e 1,5% em relação ao 4º trimestre de 2023, com a receita nominal crescendo 4,6% e 0,9%, respectivamente.

O estudo do PIB do Amazonas é realizado pelo Departamento de Estatística e Geoprocessamento (Degeo) da Secretaria Executiva de Planejamento (Seplan) da Sedecti. Para acessar o estudo completo do PIB do Amazonas do 1º trimestre de 2024 e outros trabalhos, visite o site: www.sedecti.am.gov.br e clique na aba Indicadores e Mapas.

Via Agência Amazonas

FOTO: Bruno Leão/ Sedecti e Arquivo/Yamaha

#pibamazonas #zfm #pim #amazônia #govam #amazonas

Postagens relacionadas

CAPACITAÇÃO – Prefeitura de Manaus oferta 100 vagas gratuitas para a palestra ‘Redes Sociais para Pequenos Negócios’

Paulo Apurina

BENEFÍCIO: Prefeito David Almeida anuncia auxílio-transporte para 455 condutores do transporte alternativo e executivo

Vilhena

Em Letícia, Governo do Estado participa de debate do BID sobre desafios e oportunidades para a Amazônia 

Vilhena
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights