AMAZONAS ELEIÇÕES MANAUS POLÍTICA

Pré-candidato Roberto Cidade apresenta propostas e escuta demandas de empresários ligados à Associação PanAmazônia

Pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Roberto Cidade (UB), esteve reunido na tarde desta terça-feira, 4/6, com cerca de 60 empresários ligados à Associação PanAmazônia para apresentar compromissos que estarão presentes em seu Plano de Governo e para escutar sugestões que poderão ser incluídas em seu programa de gestão. Entre as propostas apresentadas ao pré-candidato estão a desburocratização dos trâmites de abertura e expansão de projetos de instalação, a digitalização de grande parte dos processos da Prefeitura de Manaus e o ordenamento do centro da cidade. 

“Agradeço pela oportunidade de apresentar algumas das nossas propostas para Manaus. Sou oriundo da iniciativa privada e compartilho de muitas das angústias que foram apresentadas aqui. Desburocratizar a retirada de alvará de funcionamento é uma delas. Não podemos permitir que os investimentos sejam direcionados para outras capitais brasileiras porque Manaus tem tantos gargalos e impeditivos à expansão de projetos e, consequentemente, de maior oferta de postos de trabalho”, declarou o pré-candidato.

A declaração de Cidade vai ao encontro do que falou o sócio-diretor da Empresa Virrosas, Pedro Monteiro. “É bom conversar com quem já passou pela dor de empreender porque isso faz com que saiba das nossas dores também. Hoje é tanta burocracia, tantos documentos exigidos e não apenas para abrir uma empresa, como também para expandir, que nos desanima. Esses empreendimentos geram emprego, geram renda e geram impostos, que são importantes, fundamentais para a cidade. Quem quer trabalhar, tem que ter vez”, declarou Monteiro. 

Outras falas foram no sentido de preocupação com a falta de ordenamento, iluminação pública, segurança e com a realização de obras consideradas desnecessárias, aumentando o passivo do município.  

“Manaus hoje não tem prefeito. O centro está abandonado. Não tem iluminação, há uma grande quantidade de pessoas em vulnerabilidade, não há ordenamento e o trânsito é um caos. Outro dia a prefeitura estava realizando uma obra, fez uma quebradeira e dias depois voltou pra refazer o serviço. É gasto em cima de gasto e a gente não vê melhorias. São diversos prejuízos para a iniciativa privada e também para a população. Lhe desejo sucesso. O seu êxito será o êxito de todos nós”, declarou um dos associados da PanAmazônia.

“Manaus vive uma desordem completa e precisa ter um olhar diferenciado, precisa de alguém que tenha coragem para assumir o negativo e, certamente, o Centro de Manaus está no nosso radar como prioridade. Nosso Plano de Governo é viável, além disso, vou ser o prefeito do diálogo. Nossa pré-candidatura é de união, de construção e consciente de que temos um desafio enorme. Manaus é uma capital-estado e precisamos planejá-la para o futuro, caso contrário, iremos perder os investidores. Nenhum de nós quer isso. Eu acredito no Amazonas. Temos um Estado próspero e precisamos ter uma capital melhor do que temos hoje. Agradeço imensamente a oportunidade que vocês me deram para dialogar”, finalizou.

Associação PanAmazônia

Constituída em 2010, é uma organização civil, de natureza privada, sem fins lucrativos nem político-partidários, com autonomia administrativa e financeira, sediada em Manaus. Tem como missão defender a implantação da agenda liberal e promover atividades que contribuam para o fortalecimento, o desenvolvimento econômico e a prosperidade da região.

Além de empresários amazonenses, possui membros dos estados do Acre, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, além da Bolívia e Guiana.

#eleiçõesmanaus2024 #robertocidade #manausamazonas #uniãobrasilamazonas #panamazônia

Postagens relacionadas

CCJ oficializa Eduardo Braga como relator da reforma tributária

Jamil Maciel

NOTA

Jamil Maciel

Prefeitura de Manaus realizará cadastro para primeiro emprego no Sine Manaus no sábado, 16/10

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights