SAÚDE

Prefeitura de Manaus atualiza dados de arboviroses em nova edição de informe epidemiológico

Como parte das ações de vigilância e monitoramento da dengue e outras doenças transmitidas por mosquitos, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), divulga, nesta segunda-feira, 1º/4, a nova edição do Informe Epidemiológico das Arboviroses. A publicação nº 13 traz números de casos de dengue, zika, chikungunya e oropouche registrados no município na Semana Epidemiológica 13, de 24 a 30 de março deste ano.

O informe epidemiológico registra 18 novos casos de dengue, dentre 83 casos notificados (suspeitos) na última semana. No acumulado de 2024, o município contabiliza 1.796 casos confirmados, de um total de 7.395 casos notificados, dos quais 946 seguem em investigação. O número de óbitos pela arbovirose permanece em um, e outros dois estão sendo investigados.

Segundo a publicação, na semana em estudo, não houve registro de casos confirmados ou suspeitos de zika e chikungunya. No período de 1º de janeiro a 30 de março, 62 casos de zika foram notificados, dos quais 19 foram confirmados; de chikungunya, foram 68 casos notificados e quatro confirmados. Oito casos suspeitos de zika e 33 de chikungunya continuam sendo investigados, não havendo óbitos em investigação ou confirmados por essas arboviroses.

O informe municipal também não traz novos casos de oropouche na última semana epidemiológica, permanecendo em 846 o total de casos da arbovirose em Manaus, em 2024, confirmados por critério laboratorial. O total de óbitos pela doença se mantém em um, confirmado por critério laboratorial. Não há óbitos ou casos em investigação. A publicação não traz dados de casos notificados de oropouche, por não se tratar de agravo de notificação obrigatória.

O Informe Epidemiológico de Arboviroses é elaborado pelas gerências de Vigilância Epidemiológica, de Vigilância Ambiental e Controle de Agravos por Vetores, e do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde da Semsa. Os dados são oriundos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) e do Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), estando sujeitos à atualização.

Prevenção e combate

A secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, ressalta que a adesão da população às medidas para identificar e eliminar criadouros do Aedes aegypti e outras espécies é essencial no combate às doenças transmitidas pelos mosquitos.

“O período de chuvas favorece que surjam focos de água acumulada, onde os insetos se reproduzem. A população precisa estar atenta e vistoriar suas residências e quintais, pois três em cada quatro focos de infestação se encontram nesses locais”, aponta.

Shádia orienta os moradores a seguir, a cada semana, o Checklist 10 Minutos contra a Dengue, que reúne medidas simples para eliminar focos de água parada nas casas: colocar areia nos pratos de vasos de plantas; filtrar e tratar com cloro água de piscinas, mesmo sem uso; tampar bem as caixas d’água; recolher lixo e entulho nos quintais; descartar ou guardar pneus em locais cobertos; entre outras.

As ações de prevenção e enfrentamento das arboviroses conduzidas pela Semsa, acrescenta a secretária, incluem também a vacinação de crianças e adolescentes contra a dengue. O imunizante é ofertado em 73 unidades da rede municipal de saúde, distribuídas em todas as zonas da capital.

“Todos os jovens de 10 a 14 anos podem receber a vacina na rede básica. Estamos ainda bem abaixo da meta da estratégia, que é de alcançar pelo menos 90% desse público, e reforçamos o chamado aos pais e responsáveis para que levem os filhos para se vacinar”, orienta Shádia.

A Semsa Manaus também vem reforçando as ações de prevenção e controle de arboviroses que são realizadas de forma permanente, entre as quais se incluem o manejo ambiental e as inspeções dos agentes de vigilância nas residências.

Fonte: Semsa

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Prefeitura de Manaus convoca mais 23 médicos aprovados no concurso da Semsa

Jamil Maciel

No Dia do Homem, Prefeitura de Manaus realizará ação de saúde com direito a amistoso de futebol com comunitários

Jamil Maciel

Covid-19: Rio de Janeiro alcança nível de internações de março de 2020

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights