EDUCAÇÃO

Prefeitura de Manaus realiza a abertura de jornada pedagógica da educação especial

Assessores pedagógicos e técnicos da educação especial, da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participaram da abertura da Jornada Pedagógica da Gerência da Educação Especial (GEE) e do Centro Municipal de Educação Especial (CMEE), nesta segunda-feira, 5/2, no auditório Luiz Geraldo Pontes Evangelista, da secretaria, no bairro Parque 10, zona Centro-Sul. O objetivo do encontro é unir forças e alinhar o trabalho para apresentar um final do ano letivo satisfatório, junto com o CMEE. A jornada segue, nesta terça-feira, 6/2, em tempo integral, também no auditório da Semed.

Na programação, os educadores tiveram definição do público-alvo, avaliação multiprofissional da educação especial, trâmites para o agendamento da avaliação multiprofissional da modalidade pela unidade de ensino, profissional do apoio escolar, perfil do profissional de apoio escolar, acompanhamento e avaliação, entre outras temáticas.

Na Semed, a educação especial vai atender, neste ano letivo, 8.938 estudantes da educação infantil até a Educação de Jovens e Adultos (EJA), direcionados nas salas de recursos multifuncionais, classes especiais, EJA e na Escola Municipal de Educação Especial André Vidal de Araújo, além do trabalho de alunos inclusos em salas regulares, sendo assessorado pela GEE. São atendidos estudantes com deficiência física, intelectual, sensorial, múltipla, Transtorno do Espectro Autista (TEA), com altas habilidades e superdotação.|

Para a gerente de Educação Especial da Semed, Amanda Macanoni, o trabalho a ser realizado durante o ano deverá ser feito com excelência, sempre com o intuito de buscar os melhores resultados possíveis com os alunos especiais.
“É o início do nosso trabalho, para estudarmos os nossos documentos, dialogarmos com os passos dados dentro da gerência, bem como do Centro Municipal de Educação Especial. É importante essa interação, porque são departamentos distintos, porém funcionam um atrelado ao outro. Esse trabalho aqui reflete tudo aquilo que é feito nas escolas. Os assessores vão in loco passar as informações, as orientações, acompanhar e os avaliadores vão receber os estudantes depois para a avaliação multifuncional. É um trabalho conjunto, e a gente tem metas bem ousadas para 2024 e esperamos alcançar todas elas”, comentou.

Responsável por oito programas desenvolvidos dentro da modalidade na rede municipal de ensino, a coordenadora dos programas especializados do CMEE, Carla Rosane Soares, disse que a jornada vai embasar o conhecimento sobre o trabalho ao longo do ano letivo.

“Tudo isso com relação às diretrizes pedagógicas que precisamos ter no ano de 2024 com os nossos estudantes. Os profissionais que estão dentro do programa e também dentro do CMEE, por exemplo, como fisioterapeuta, psicopedagoga, serviço social, entre outros vão estar adquirindo cada vez mais conhecimentos de como atender uma criança que chegou ali no momento de adaptação, fazer com que a criança desenvolva a leitura dentro da dificuldade que ela apresenta. A jornada vem para nos dar conhecimento do percurso que vamos ter com os nossos estudantes”, completou.
De acordo com a psicóloga do CMEE, Landa Veiga, o encontro é fundamental para que todos os profissionais possam alcançar seus objetivos dentro da modalidade na rede municipal de ensino.

“Essas mudanças envolvem o nosso trabalho, na questão de como fazer o encaminhamento das crianças, de como trabalhar com elas, qual o procedimento e, este ano, por conta da reforma, ficamos na expectativa de como vai ser, como vai proceder. Tudo isso é muito importante para o nosso trabalho de fato e de direito lá na frente com os alunos. No caso da avaliação, são encaminhadas as crianças para o CMEE e ali é verificado o apoio escolar, quais são os encaminhamentos necessários do ponto de vista da saúde se precisa de psicólogo, de fisioterapeuta, fonoaudiólogo, enfim, tudo isso”, contou.

Fonte: Semed

Foto: Divulgação

#jornadapedagogica #educaçãoespecial #semed #manaus #amazonas

Postagens relacionadas

Primeiro dia do Enem terá prova de redação

Jamil Maciel

Vídeo: “Orçamento das universidades não vai ser afetado”, diz ministro da Educação

Paulo Apurina

Estudantes da prefeitura de Manaus estão em recesso escolar e retomam às aulas na próxima segunda-feira, 3/7

Jamil Maciel
Verified by MonsterInsights