SAÚDE

Prefeitura de Manaus reformula cardápio nutricional para idosos da Fundação Doutor Thomas

A alimentação balanceada é uma parte importante da manutenção da saúde em idosos. E, priorizando essa boa nutrição, a Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Doutor Thomas (FDT), reformulou o cardápio nutricional dos idosos da instituição de Longa Permanência (ILPI), na sede da instituição, localizada na rua Doutor Thomas, nº 798, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul.

“Todos nós sabemos que o envelhecimento é um processo natural, no entanto, traz algumas consequências ao funcionamento do corpo. Na maioria das vezes, com o avanço da idade, o organismo apresenta um desequilíbrio de vitaminas e nutrientes essenciais para manter a pessoa idosa saudável. A equipe multidisciplinar está atenta, sempre estudando para oferecer qualidade de vida para os residentes. O prefeito David Almeida, visando sempre fortalecer a Política Municipal do Idoso, em 2023, aumentou 50% o investimento para a aquisição de novos suplementos alimentares, e isso reflete o sucesso que estamos obtendo com a reformulação”, explica a diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho, sobre o resultado positivo da nutrição.

Com a reformulação, o setor de nutrição trouxe melhorias e inovações ao cardápio nutricional, com intuito de melhorar a rotina alimentar dos idosos atendidos e dos colaboradores.

“Não existe termômetro maior de um trabalho que a satisfação do público, estamos recebendo um retorno positivo dos idosos atendidos na ILPI e também dos colaboradores. Ofertar uma alimentação agradável, com cor, sabor, aroma e textura e que seja priorizado o prazer no momento da refeição, atendendo as preferências do idoso, esse é nosso maior objetivo”, afirma a gerente de Nutrição, Dayse Gomes.
Residente há quatro anos na FDT, Maria do Carmo Nery, conta que sua vida mudou após o atendimento personalizado da nutrição. “Eu me sentia bem cansada. Após avaliação médica, foi necessário o suporte nutricional. Hoje, com 93 anos, tenho disposição. Faço minha alimentação balanceada, tomo suplemento e mudei minha vida”, comenta.

Uma boa nutrição aumenta a imunidade, ajuda manter o peso corporal em um patamar saudável e reduz o risco de problemas cardíacos, derrames, pressão alta, diabetes, osteoporose e até câncer. Além disso, aliada aos exercícios físicos, a boa alimentação na terceira idade pode contribuir para a manutenção da destreza e, consequentemente, da independência.

“Para os idosos se manterem saudáveis, a FDT fornece seis refeições diárias, incluindo três frutas, verduras e legumes, suplementação, muita hidratação, atividade física e mental, descanso e um sono de qualidade. E, para os idosos que precisam de uma alimentação extra, é feito um complemento duas horas após o jantar”, explica Dayse.

A residente Alayde Cavalcanti, 86 anos, é um dos casos positivos acompanhados pela equipe de nutrição da FDT. Ela chegou à instituição debilitada, com risco de desnutrição e em condições clínicas que necessitavam de maior assistência da equipe multidisciplinar, começou a fazer o uso de suplementação e, em pouco tempo, apresentou melhora em seu estado de saúde. “Hoje, ela se encontra em estado nutricional adequado para a sua idade. Todos os dias, conta animada como é bom se alimentar bem, e acha tudo muito delicioso”, comemora Dayse.

Dietas

Buscando entender a necessidade do idoso, suas patologias e preferências, a equipe de nutricionistas desenvolveu um cardápio de dietas, para que os idosos possam ter uma alimentação rica em nutrientes e vitaminas essenciais para o seu bem-estar. O cardápio é dividido entre “Dieta Comum”, “Dieta Branda” e “Dieta Pastosa”.

A “Dieta Comum” não possui restrições, é nutricionalmente adequada, composta de proteínas do dia, guarnições e saladas. Quanto à “Dieta Branda”, deve ser feita com alimentos preparados com pouca gordura e condimentos, com mais ervas aromáticas para acentuar o sabor e diminuir o uso do sal, bem cozidos, com mais legumes e caldo para facilitar a mastigação e digestão.

E, por último, a “Dieta Pastosa”, que é representada de forma colorida, montada de maneira separada por cores para auxiliar a boa aceitação dos idosos, sendo composta por nutrientes, onde os alimentos são moídos ou liquidificados em forma de purê, creme ou pastas, indicados para idosos com dificuldade de deglutição.

Dedicados a entregarem uma alimentação balanceada aos idosos da fundação, a equipe de nutrição é composta por 42 colaboradores, responsáveis pelo equilíbrio na alimentação e dietas dos idosos.

A copeira Gisele Moura, 36 anos, que trabalha há dez anos na FDT, conta como está sendo trabalhar após a reformulação.

“Estamos tendo bons resultados, principalmente, pelo lado dos idosos. Todos os dias da semana temos um cardápio variado, e isso tem sido muito bom. Temos recebido elogios e respostas positivas. Nós trabalhamos em grupo, para preservar a harmonia e gerar um bom resultado”, afirma.

Fonte: FDT

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Bolsonaro testa negativo para a Covid-19

Paulo Apurina

Prefeitura de Manaus amplia vacinação contra a Covid-19 para novos grupos de crianças nesta segunda-feira, 24/1

Paulo Apurina

Prefeitura amplia atendimento e melhora condições de trabalho para os servidores da Saúde com lançamento da nova base fluvial de endemias

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights