AMAZONAS CULTURA MANAUS POLÍTICA

Prefeitura registra mais de 125 mil participantes e geração de 600 postos de trabalho no 66º Festival Folclórico do Amazonas

O 66º Festival Folclórico do Amazonas encerrou neste domingo, 23/6, seus 16 dias de celebração, marcando presença no cenário cultural e econômico da região. Com um total de 125.449 pessoas participando das festividades, o evento não só reforçou sua importância cultural, mas também demonstrou um impacto significativo na economia local e na geração de 600 postos de trabalho diretos e indiretos.

Realizado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), o 66º Festival Folclórico do Amazonas reafirmou seu papel como um dos principais eventos culturais do estado. A diversidade de atrações atraiu tanto manauaras quanto turistas do interior do Amazonas.

Na avaliação do diretor-presidente da Manauscult, Jender Lobato, este recorde de público evidencia a crescente popularidade e a importância do festival na preservação e promoção da cultura amazônica.

“O sucesso do 66º Festival Folclórico do Amazonas é resultado do trabalho conjunto de toda a comunidade com a Prefeitura de Manaus, por meio do corpo técnico da Manauscult, que se dedicou durante duas semanas para que tudo ocorresse da melhor forma. Este balanço positivo mostra o quanto o festival é importante para a nossa cultura e economia solidária que existe nos bairros. Estamos muito satisfeitos com os resultados e já estamos pensando em novas formas de tornar o próximo festival ainda melhor”, afirmou Lobato.

Economia solidária impulsionada

O festival se destacou pelo seu impacto econômico ao beneficiar diretamente mais de 60 empreendedores locais, entre vendedores de comida e bebida, artesãos, fornecedores de serviços de apoio logístico e diversos outros profissionais que contribuíram para a infraestrutura e operação do evento.

Ao todo, foram gerados mais de 600 empregos diretos e indiretos, não apenas nas atividades de preparação e realização do festival, mas também na economia solidária local, que se fortaleceu com o aumento do fluxo de visitantes e consumidores durante o período festivo.

Festival Folclórico

Além do sucesso de público e impacto econômico, o 66º Festival Folclórico do Amazonas também teve um papel importante na inclusão social e resgate histórico dos grupos de dança, que se perpetuam há seis décadas nos bairros de Manaus.

Em 2024, o festival celebra 67 anos de existência, desde a sua criação, em junho de 1957. Para o historiador e colunista de Folclore, Nonato Torres, ao longo dos seus anos dedicados à pesquisa cultural, o evento contribui significativamente para a valorização e continuidade das práticas culturais locais, consolidando-se como um dos festivais mais importantes do Brasil. Torres está escrevendo o livro intitulado “Registro Histórico do Festival Folclórico”, onde faz um compilado de estudos e memórias afetivas com o evento.

“Eu comecei em 1976, acho que tenho uns 47 anos que iniciei minha imersão no folclore amazônico. Embora tenha o nome de Festival Folclórico do Amazonas, ele é realizado pelas diversas zonas de Manaus. São comunidades, bairros, onde vivem pessoas que ainda passam para seus filhos e netos esse legado. Muitos já passaram por aqui e outros estão chegando, netos de pessoas que já participaram; hoje dão continuidade as danças. Eu mesmo, começou no festival dançando, depois me casei com a Helena e tive meus dois filhos, a minha família também já está começando a participar”, contou o pesquisador em folclore.

Este ano, o festival continuou sendo um ponto de encontro para amazonenses e visitantes, celebrando a rica tapeçaria cultural do Amazonas. De passagem por Manaus, o engenheiro florestal, João Silva, natural do município de Parintins, interior do Amazonas, assistiu pela primeira vez o 66° Festival Folclórico do Amazonas.

“Eu sempre ouvi falar do Festival Folclórico do Amazonas, pois meus pais, quando eram adolescentes, dançaram aqui. Porém, só este ano tive a experiência de conhecer a festa de fato. Cada modalidade das danças, das quadrilhas às cirandas, demonstrou uma riqueza cultural imensa, refletindo a história e as tradições do povo amazônico. A organização da Prefeitura de Manaus foi impecável, garantindo que tudo funcionasse perfeitamente e que os visitantes tivessem uma experiência maravilhosa”, relatou o visitante.

— — —

Texto – Samira El kebbe / Manauscult

Fotos – Divulgação / Semcom

#festivalfolcloricodoamazonas #manauscult #pmm #manausamazonas

Postagens relacionadas

Bombeiros do Amazonas partem para ação de ajuda humanitária ao Rio Grande do Sul

Paulo Apurina

Bolsa Universidade ultrapassa 31 mil inscritos a dois dias do fim do prazo

Jamil Maciel

Candidato à reeleição, Roberto Cidade escuta demandas dos moradores das zonas Oeste e Centro-Oeste de Manaus

Vilhena
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights