AMAZONAS MANAUS POLÍTICA

Presidente Roberto Cidade repudia violência contra vereadora Professora Jacqueline e coloca Procuradoria da Mulher à disposição da parlamentar

Parlamentar alinhado com todas as iniciativas de proteção e promoção da mulher, o deputado estadual Roberto Cidade (UB), presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), usou a tribuna do Plenário Ruy Araújo nesta quarta-feira, 28/2, para repudiar a violência política sofrida pela vereadora de Manaus, Professora Jacqueline (UB).

Em aparte ao pronunciamento da deputada estadual e presidente da Procuradoria Especial da Mulher da Aleam, deputada Alessandra Campêlo (Podemos), Cidade se solidarizou com a vereadora Jacqueline e reforçou o compromisso do Parlamento Estadual em defender a participação feminina em todos os espaços conquistados pelas parlamentares mulheres.

“Eu sempre defendi e defendo a bandeira das mulheres aqui nesta Casa e, também por isso, me solidarizo com a vereadora Professora Jacqueline, que faz parte do União Brasil, e aproveito para dizer aos vereadores, deputados, enfim, para todos os parlamentares que nós precisamos respeitar as mulheres. Elas lutam muito para ter seu espaço na política, ainda são minoria e muitas vezes quando chegam no parlamento ainda são tolhidas, impedidas de exercer seus mandatos. Isso é muito triste e precisa ser combatido. Repudio veementemente qualquer atitude como essa contra qualquer parlamentar mulher. As mulheres, todas elas, precisam ser tratadas com respeito”, afirmou Cidade.

Entusiasta do serviço prestado pela Procuradoria Especial da Mulher da Aleam, o deputado presidente reafirmou à deputada Alessandra que o trabalho realizado pela Procuradoria terá todo o apoio da presidência da Assembleia Legislativa neste caso também.

“As mulheres parlamentares, seja na Câmara Municipal de Manaus, na Aleam ou em outro parlamento municipal, precisam de total apoio e você, deputada Alessandra, tem o meu total apoio no que for preciso para combater qualquer atitude violenta contra a mulher. Repudio essa atitude contra a vereadora Professora Jacqueline e me solidarizo com ela”, reforçou.

Procuradoria da Mulher

Presidente da Procuradoria Especial da Mulher da Aleam, a deputada estadual Alessandra Campêlo afirmou que nesta quinta-feira, 29, a vereadora Professora Jacqueline será ouvida no seio da Procuradoria e, caso confirmado o episódio ocorrido na Câmara Municipal de Manaus. na última terça-feira (27/2), pode ser caracterizado como violência política de gênero.

De acordo com ela, a Procuradoria Especial da Mulher da Aleam está de portas abertas para prestar atendimento psicossocial e jurídico à vereadora. O caso deve ser levado ainda à Ouvidoria da Mulher do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AM) e ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), que integram a rede de proteção às mulheres que atuam na vida pública.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Deputado Roberto Cidade

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

UEA divulga resultado de recurso administrativo da 1ª etapa do Vestibular e SIS 2021

Paulo Apurina

Regularização fundiária da Prefeitura de Manaus no Jorge Teixeira vai beneficiar mais duas comunidades

Jamil Maciel

Assembleia Legislativa do Amazonas reúne com dirigentes da UEA para adequação da Lei de Cotas

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights