SAÚDE

Prevenção de câncer do colo de útero é foco das atividades da Prefeitura de Manaus no ‘Março Lilás’

A Prefeitura de Manaus realizou, na manhã desta quarta-feira, 6/3, na Unidade de Saúde da Família (USF) Benedito Batista de Almeida, na zona Sul, a abertura oficial do “Março Lilás”, visando sensibilizar a população para a prevenção e o enfrentamento do câncer do colo do útero. Coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a campanha teve início no dia 1º/3, com ações de educação em saúde e intensificação na oferta de serviços de prevenção e rastreio em todas as unidades da rede básica.

Como parte da campanha, as unidades da Semsa vêm intensificando a oferta da vacinação contra o papilomavírus humano (HPV) e da coleta do exame citopatológico, ou preventivo, bem como a busca ativa nas comunidades. A agenda inclui também palestras, rodas de conversa e outras ações de educação em saúde em toda a rede básica, além do “Dia D”, a ser realizado aos sábados, nas Unidades de Saúde na Hora e Unidades Móveis de Saúde da Mulher.

A gerente de Ciclos de Vida da Semsa, Patrícia Rombaldi, presente na abertura, assinalou que as ações de prevenção e diagnóstico precoce do câncer do colo uterino ocorrem durante todo o ano na rede básica de saúde, com a oferta do exame preventivo e da vacinação contra o HPV, sendo reforçadas durante o “Março Lilás” a fim de estimular a atenção e o cuidado entre a população feminina.

“O câncer uterino é o tipo mais frequente entre mulheres em Manaus, e isso deve ser lembrado o ano inteiro. Chamamos a atenção dessas mulheres para que se cuidem, façam o exame preventivo na unidade básica, queremos que este seja para elas um mês de acolhimento e cuidado”, reforçou.

A chefe da Divisão de Atenção à Saúde da Mulher, Lúcia Freitas, ressaltou a importância da sensibilização das famílias para o estímulo à prevenção e promoção da saúde da mulher.

“As mulheres sempre vão à unidade de saúde para levar crianças ou familiares, mas deixam de cuidar delas mesmas. Por isso, é importante chamar a atenção da população como um todo, inclusive os pais, para que busquem vacinar meninos e meninas contra o HPV”, apontou.

Lúcia assinalou que a atual gestão municipal de saúde vem investindo para ampliar e aprimorar a prevenção e rastreio na rede básica. Aí se inclui a implementação da coleta do exame preventivo em meio líquido, atualmente disponível em 37 unidades da rede básica, e as Unidades Móveis de Saúde da Mulher, que levam serviços da atenção básica a usuárias das zonas Norte, Leste e Oeste, com foco no pré-natal e no rastreio do câncer do câncer do colo de útero e de mama.

“Temos um leque de opções para assegurar o acesso das mulheres à prevenção e rastreio do câncer do colo do útero. Buscamos também difundir a oferta desses serviços na rede básica, durante o ‘Março Lilás’, de modo a alcançar cada vez mais o público feminino”, aponta.

Com o “Março Lilás”, a Semsa espera ampliar em pelo menos 10% a realização do exame preventivo entre mulheres de 25 a 64 anos, faixa etária prioritária para o rastreio. No ano passado, durante o mês da campanha, a rede básica contabilizou quase 13 mil exames realizados.

Programação

Como parte da programação do “Março Lilás”, as unidades da rede básica também estão intensificando a oferta da vacina HPV quadrivalente, para a imunização de meninas e meninos de 9 a 14 anos contra o papilomavírus humano (HPV), e da coleta do exame citopatológico, ou preventivo, indicado para mulheres de 25 a 64 anos. Nas comunidades, vem sendo reforçada a busca ativa de usuárias elegíveis para rastreio ou em falta no acompanhamento.

As equipes da atenção básica vêm atuando para informar e orientar usuárias e usuários nas unidades de saúde sobre a prevenção do câncer do colo do útero, com palestras, rodas de conversa, distribuição de material impresso, entre outras ações de educação em saúde.

A programação inclui ainda o “Dia D do Março Lilás”, a ser realizado aos sábados, nas Unidades de Saúde na Hora e Unidades Móveis de Saúde da Mulher, em diferentes Distritos de Saúde (Disas) da Semsa a cada semana. A ação começa no dia 9/3, no Disa Leste, abrangendo as USFs Alfredo Campos, no bairro Zumbi dos Palmares, e Amazonas Palhano, no São José Operário, além da Unidade Móvel de Saúde da Mulher da zona Leste. No dia 16, será a vez das unidade do Disa Norte, e no dia 23, dos Disas Oeste e Sul.

As equipes da Semsa também mobilizam o público em panfletagem no dia 14, na Bola do Eldorado, na zona Centro-Sul, em parceria com graduandos de Enfermagem da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM). No dia 20, acontece um apitaço na Feira do Produtor, na zona Norte, em parceria com a Liga Acadêmica de Atenção Integral à Saúde da Mulher da Universidade do Estado do Amazonas (Laism/UEA).

A Semsa realiza ainda, no dia 13, uma webconferência com o tema “Coleta em meio líquido: Inovação no rastreio do câncer do colo do útero na rede municipal”. A atividade on-line é voltada a profissionais da rede básica de saúde, dentro do projeto “Diálogos na Atenção Primária à Saúde”, da secretaria.

Prevenção e rastreio

O câncer do colo do útero, também chamado cervical, é o tumor maligno de maior incidência entre a população feminina em Manaus, e o terceiro no Brasil. Para o ano de 2023, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estimou 420 casos novos no município.

O papilomavírus humano (HPV) é o principal agente causador do tumor maligno. O rastreio é feito por meio do exame citopatológico, ou preventivo, capaz de detectar os estágios pré-cancerosos da doença, que pode levar até 10 anos para se manifestar após a infecção pelo vírus.

O exame preventivo é indicado para mulheres na faixa de 25 a 64 anos, de forma prioritária, devendo ser realizado a cada três anos, após dois resultados negativos em anos consecutivos.

O câncer do colo uterino é amplamente prevenível, tendo grandes chances de cura quando diagnosticado de forma precoce e tratado adequadamente.

Fonte: Semsa

Foto: Phil Limma

Postagens relacionadas

Prefeitura de Manaus conclui estudo que vai aprimorar política de saúde bucal

Jamil Maciel

População pode se vacinar contra Covid-19 em nove pontos da prefeitura neste sábado, 4/11

Jamil Maciel

Prefeitura de Manaus realiza ‘Manaus Mais Cidadã’ em escola municipal

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights