ECONOMIA

Programa de Parcerias de investimentos qualifica mais 18 ativos para estudos de concessão de desestatização

Entre eles estão o arrendamento de terminais portuários, incluindo os portos de Santos, do Rio de Janeiro e de Salvador

Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Governo Federal qualificou 18 novos ativos para estudos de viabilidade para privatização ou concessão à iniciativa privada. Os novos projetos foram apresentados durante a 17ª Reunião do Conselho do PPI, realizada nesta quarta-feira (25), em Brasília, com a participação do Presidente da República, Jair Bolsonaro.

Entre os projetos qualificados estão o arrendamento de oito terminais portuários, incluindo os portos de Santos, do Rio de Janeiro e de Salvador, de três mil quilômetros de rodovias em Santa Catarina e cinco unidades de conservação para visitação. A expectaria é os novos ativos somem cerca de R$ 31 bilhões em investimentos.

A Casa da Moeda foi retirada do programa depois que estudos de viabilidade indicaram que a empresa não deveria ser privatizada.

“Nós acreditamos que de fato a agenda de investimentos privados tem um poder enorme de contribuir com a retomada do nosso investimento”, ressaltou a secretária do PPI, Marta Seillier após a reunião.

Confira os principais destaques da 17ª Reunião do CPPI:

Leilões

A previsão do PPI é leiloar ou conceder para a iniciativa privada mais 57 ativos ainda neste ano com uma precisão de investimento de R$ 307 bilhões. Entre os ativos estão terminais portuários, uma ferrovia e duas rodovias, incluindo a Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro. De acordo com o Ministério da Infraestrutura, será o maior leilão rodoviário da história, com investimentos previstos de quase R$ 15 bilhões. Serão mais de 625 quilômetros de extensão, atravessando 33 municípios dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Neste ano, já foram realizados 46 leilões, com investimentos de mais de R$ 55,4 bilhões de reais. De janeiro de 2019 a agosto de 2021, o PPI leiloou 111 projetos, com expectativa de investimentos de R$ 544 bilhões e trouxeram R$ 125 bilhões em outorgas.

PPI 2022

Para o ano que vem, estão previstos 121 ativos que poderão gerar R$ 296 bilhões em investimentos. São 25 aeroportos, incluindo Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro, 18 portos, nove rodovias e três ferrovias.

via SECOM PR

Postagens relacionadas

Prefeitura de Manaus vai premiar contribuintes que pagarem IPTU em dia neste ano

Paulo Apurina

Ministro da Economia diz que Brasil vai se engajar na agenda da mudança climática

Paulo Apurina

Após Governador Wilson Lima anunciar ação no STF em defesa da ZFM, prefeito David Almeida declara apoio

Paulo Apurina