AMAZONAS

Trinta clubes amazonenses vão disputar competições com patrocínio histórico do Governo do Estado

Futebol masculino e feminino. Competições nacionais e estaduais. O patrocínio histórico anunciado pelo governador Wilson Lima para o futebol amazonense vai garantir a participação de 30 clubes em pelo menos 14 competições esportivas do calendário de 2022. Ao todo, estão sendo destinados R$ 5 milhões para apoiar os times de futebol, o maior volume de recursos de todos os tempos.

O anúncio do patrocínio deste ano também representa uma mudança radical na forma de apoiar o futebol amazonense. Gestões anteriores apoiavam apenas clubes de maior destaque, deixando desguarnecidos os menores, o futebol feminino e os times de base.

Dos 30 times que vão receber apoio, 22 são masculinos e 8 femininos. Juntos, esses clubes participam de competições do Campeonato Amazonense A e B, Copa do Brasil, Copa Verde, Campeonato Brasileiro Feminino A2 e A3, Campeonato Brasileiro C e D, Campeonato Amazonense Feminino. As equipes dos campeonatos de base Sub-09, Sub-11, Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Sub-19 também serão contempladas através de patrocínio aos campeonatos.

Entre 2015 e 2018, os times ficaram sem qualquer tipo de apoio. De acordo com o diretor-presidente da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), Jorge Oliveira, os clubes perderam receitas por conta da pandemia de Covid-19. O patrocínio do Governo do Estado significa dar um fôlego para os atletas e campeonatos amazonenses.

“Não é fácil manter um clube, salários em dia, estrutura, nutricionista, fisioterapeutas, enfim, toda uma estrutura para que esses clubes possam desenvolver o futebol de alto rendimento. Com certeza esse será um aporte muito significativo para os clubes, porque o governo investe não só no alto rendimento para os clubes de futebol, mas também nós vamos fomentar todos os campeonatos de base”.

Avanços – A vice-presidente do Atlético Clipper Clube, Joana Dantas, destaca que o patrocínio destinado ajuda a garantir a vida dos clubes.

“Você consegue contratar jogadores com mais excelência, que são jogadores que têm uma folha maior, você consegue dar essa estrutura, porque a gente sabe que o patrocínio aqui no Amazonas é muito difícil. Nós não temos esse incentivo. Você consegue fazer essa logística melhor, e isso afeta diretamente na vida dos jogadores”.

Jogadora do JC FC de Itacoatiara, Tayná Gabrielle, de 18 anos, afirma que muitas atletas vêm de famílias de baixa renda, e as dificuldades para se firmar no mercado são ainda maiores sem investimentos. Para ela, o recurso é um incentivo ao esporte e ao sonho de muitas mulheres.

“Como é um time do interior e um time novo, é um time que não tem muita estrutura. Com a bolsa, com a ajuda do governo, isso já ajuda bastante o time a poder crescer ,porque é a única coisa que a gente quer. Só futebol, sem o apoio, muitas vezes a gente não consegue”.

Patrocínio histórico – O governador Wilson Lima anunciou um patrocínio histórico para o futebol amazonense. O Governo do Amazonas, por meio da Faar, repassará R$ 5 milhões aos times de futebol masculino e feminino do estado pela Federação Amazonense de Futebol (FAF).

O incentivo vai beneficiar as competições da base ao profissional, em níveis locais, regionais e nacionais. Entre os contemplados estão o Campeonato Amazonense das Séries A e B, além do feminino; todas as seis competições de categorias de base; e um reforço financeiro para as equipes que representam o Amazonas nas disputas regionais e nacionais: Manaus FC, Amazonas FC, São Raimundo, Iranduba, JC e o 3B da Amazônia.

FOTOS: Lucas Silva/Secom

Postagens relacionadas

Em Mancapuru, Wilson Lima destaca que mais de 700 pessoas serão beneficiadas pelo projeto CNH Social

Paulo Apurina

Prefeitura de Manaus auditará gastos com transporte coletivo por meio de aplicativo em tempo real

Paulo Apurina

Wilson Lima destaca aumento de 76,5% na cobertura de esgoto em Manaus, com investimentos do Prosamin+

Paulo Apurina
Verified by MonsterInsights