AMAZONAS

Uso de provas anuladas suspende denúncia contra senador, decide STJ

MP apresentou nova denúncia ao TJ do RJ depois que o STJ anulou quebras de sigilos

O ministro João Otávio Noronha, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu suspender a análise de uma nova denúncia apresentada contra o senador Flávio Bolsonaro (Rep-RJ) após alegação de que o Tribunal de Justiça do RJ estaria contrariando decisão da Quinta Turma do STJ, que anulou quebras de sigilos feitas de forma ilegal.

O pedido para suspensão foi feito pela defesa de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio.

Na decisão, o ministro afirma que a suspensão se faz prudente para que a ação penal não imponha “maiores obstáculos” ou mesmo provoque “novas nulidades”.

Segundo Noronha, apesar de o início da ação penal ocorrer apenas após a aceitação da denúncia, “o prosseguimento da marcha processual com determinação de apresentação de defesa prévia em face da mesma acusação anterior (que se sabe deverá ser adequadamente delimitada) dificulta, sobremaneira, a defesa dos denunciados”.

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Via Diário do Poder

Postagens relacionadas

Secretário de Segurança Pública participa de solenidade de passagem de comando da 12ª Região Militar

Paulo Apurina

Governo do Amazonas emite Boletim Diário da Covid-19, sem registro de óbito, nesta quarta-feira (13/04)

Ivan Nobre

Pagou de doida: Mulher agride funcionário e quebra carro da empresa, após ter água cortada

Paulo Apurina