AMAZONAS MANAUS POLÍTICA SAÚDE

Usuários do Bolsa Família devem atualizar acompanhamento de saúde nas unidades da Prefeitura

Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), avisa os beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF) que ainda não realizaram o acompanhamento médico referente ao primeiro semestre deste ano, que busquem a unidade básica de saúde mais próxima. A orientação tem o objetivo de evitar a perda do benefício, uma vez que o prazo final para realização do primeiro acompanhamento de saúde obrigatório termina no próximo dia 30/6.

De um total de 385.360 beneficiários, apenas 185.268 realizaram o acompanhamento de saúde obrigatório até o final do mês de maio. Aproximadamente 200 mil beneficiários ainda não compareceram para realizar o seu acompanhamento. Deste total, quase 90 mil são crianças menores de sete anos de idade.

A secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, explica que o acompanhamento de saúde nas unidades do município é uma das condições obrigatórias para continuar recebendo o Bolsa Família.

“Durante o acompanhamento, os profissionais de saúde verificam como se encontra a saúde dos beneficiários. Ao deixar de realizar esse acompanhamento, o beneficiário não somente perde a chance de identificar problemas de saúde, mas também corre o risco de perder o seu benefício”, acentua Shádia Fraxe.

O nutricionista Victor Novais Costa, do Núcleo de Alimentação e Nutrição da Semsa, ressalta que, a partir de 1º de julho, os beneficiários poderão buscar os serviços de saúde para realizar o segundo acompanhamento obrigatório do ano.

“É fundamental que os pais ou responsáveis levem as crianças às unidades para garantir a promoção à saúde da criança e o adequado crescimento e desenvolvimento infantil”.

Proteção

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda que tem o objetivo de garantir, além da renda básica para grupos em situação de pobreza, a proteção às famílias, integrando esses grupos às políticas públicas, de modo a assegurar o acesso básico aos direitos sociais universais (saúde, alimentação, educação, a proteção à maternidade e à infância, além da assistência às populações vulneráveis).

Os usuários que recebem Bolsa Família podem atualizar o seu acompanhamento de saúde em qualquer unidade da rede de atenção básica. Ao buscar esses estabelecimentos de saúde, devem apresentar documento de identidade com foto, CPF e Cartão Nacional de Saúde (CNS), cartão da gestante, caderneta de vacinação e documentos complementares conforme o caso, para que a equipe de saúde faça a avaliação.

Ao serem levadas a uma unidade de saúde da Semsa, as crianças de até sete anos têm o peso e a altura avaliados. A equipe de saúde também analisa o cartão de vacinação da criança e orienta a mãe ou outro responsável para que esta receba os imunizantes, quando necessário.

O público feminino de 14 a 44 anos recebe orientações sobre a realização do exame preventivo do câncer do colo do útero, de acordo com o perfil de cada usuária.

Os usuários que recebem o Bolsa Família podem fazer a atualização do seu acompanhamento em qualquer unidade de saúde da rede de atenção básica. A lista com endereços e horários de funcionamento das unidades está disponível no site da Semsa (https://semsa.manaus.am.gov.br).

— — —

Texto – Tânia Brandão / Semsa

Fotos – Divulgação / Semsa 

#bolsafamilia #semsa #pmm #manausamazonas

Postagens relacionadas

PLANEJAMENTO URBANO – Mirante Lúcia Almeida e largo de São Vicente ganham novas perspectivas em desenho

Vilhena

Prefeitura de Manaus começa a aplicar a segunda dose de vacina em adolescentes neste sábado, 9

Paulo Apurina

Prefeito de Manaus Davi Almeida amplia em mais R$ 30 milhões orçamento de Manaus para 2022 com emendas da Aleam

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights