ESPORTE

Brasil sai atrás, busca a virada e garante vaga no quadrangular do Pré-Olímpico

Com a vitória por 2 a 1 contra o Equador, a Seleção Brasileira garantiu, com antecedência, a vaga para a fase final da competição

A Seleção Brasileira venceu o Equador por 2 a 1, na tarde desta segunda-feira (29), e está classificada para o quadrangular final do Torneio Pré-Olímpico. No Estádio Brigido Iriarte, em Caracas (VEN), Marlon Gomes e Gabriel Pirani garantiram a vitória para a Canarinho, líder do Grupo A, que está com 100% de aproveitamento.

Como foi o jogo

Sob forte calor em Caracas, brasileiros e equatorianos fizeram um primeiro tempo morno. Diferentemente dos jogos anteriores, o Brasil buscou subir a marcação e recuperar a bola ainda no campo adversário, mas teve dificuldade. Além disso, sofreu com os lançamentos do Equador, que tentaram, assim, levar perigo ao gol de Mycael. Faltou dinâmica ao time de Ramon Menezes, cenário recorrente da Canarinho no torneio.

O lance de mais perigo na partida foi do Brasil. Aos 19 minutos, Endrick recebeu cruzamento de Alexsander, mas cabeceou para for a.

Segundo tempo

A Seleção voltou do vestiário mais retraída, ou seja, esperando o Equador no seu campo defensivo. Foi assim que os equatorianos chegaram ao gol aos 13′. Patrick Mercado arriscou da entrada da grande área, a bola desviou em Arthur Chaves, impossibilitando a defesa de Mycael. Após sofrer o gol, a Canarinho mudou a sua postura em campo e se lançou ao ataque. Dessa forma, empatou o confronto aos 19′. Após bonita jogada individual, Endrick chutou cruzado e Marlon Gomes mandou a bola para o fundo da rede. Durante a comemoração do gol, o palmeirense foi avisado pela comissão técnica que seria substituído.

Aos 30 minutos a Canarinho virou a partida com Gabriel Pirani. Ele tentou duas vezes e, na segunda, deu um tapinha, tirando do goleiro equatoriano. Até o fim da partida, os equatorianos buscaram o empate, mas esbarraram na boa defesa brasileira.

BRASIL 2X1 EQUADOR

4ª Rodada do Pré-Olímpico
Data e horário: 29/1/2024, às 17h (de Brasília)
Local: Estádio Brigido Iriarte, Caracas (VEN)
BRASIL: Mycael; Khellven, Lucas Fasson, Arthur Chaves e Rikelme (Pirani, aos 20′ do 2°T); Andrey Santos (Ronald, aos 40′ do 2°T), Alexsander, Marlos Gomes e Mauricio (Gabriel Pec, 1′ do 2°T); John Kennedy (Giovane, aos 40′ do 2°T) e Endrick (Marquinhos, aos 20′ do 2°T). Técnico: Ramon Menezes.
EQUADOR: Alexis Villa; Carlos Sánchez, García, Quiñonez e Layan Loor; Plúas (Ayoví, aos 44′ do 2°T), Patrick Mercado (Ochoa, aos 25′ do 2°T) e Vite; Jonh Mercado, Obando (Zambrano, aos 25′ do 2°T) e Medina (Perlaza, aos 32′ do 2°T). Técnico: Miguel Bravo
Gols: Patrick Mercado (0-1) (EQU), Endrick (1-1) (BRA), Gabriel Pirani (2-1) (BRA)
Cartões amarelos: Arthur Chaves (BRA); Cristiano Garcia (EQU)

Fonte: Jogada 10

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Prefeitura lança as ‘Ruas da Copa’ como atrativo turístico cultural temporário em Manaus

Paulo Apurina

Palmeirenses encaram trâmites da covid-19 para ver time no Mundial

Paulo Apurina

Líder da F-1, Verstappen ostenta jatinho de quase R$ 75 milhões

Jamil Maciel
Verified by MonsterInsights