CULTURA MANAUS

Carnaval na Floresta: crianças menores de 12 anos não poderão assistir às apresentações do Carnaboi 2024

Adolescentes de 12 a 17 anos devem estar acompanhados dos pais e devidamente documentados

Com o intuito de garantir segurança ao público infantojuvenil, crianças menores de 12 anos não poderão assistir às apresentações do Carnaboi 2024, do Carnaval na Floresta. A determinação é da Portaria 003/2023, da Justiça do Estado do Amazonas (TJAM). A Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) é responsável por fiscalizar e orientar sobre as medidas durante o evento.

A medida é válida também para o Esquenta do Carnaboi, que começou na segunda (05/02) e segue até esta quarta-feira (07/02). Adolescentes de 12 a 17 anos poderão assistir às apresentações se estiverem acompanhados de um responsável adulto e devidamente documentados com Certidão de Nascimento, Registro de Identidade (RG) ou a nova Carteira de Identidade Nacional (CIN).

Crianças e adolescentes que participam da composição artística ou das bandas que irão se apresentar devem estar com o alvará de autorização do Juizado da Infância e com o crachá de identificação, além de seus documentos, conforme expressa o parágrafo único do capítulo III da Portaria.

Jussara Pedrosa, secretária estadual de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, ressalta que a Portaria já vem sendo seguida nos grandes eventos, inclusive nos desfiles das escolas de samba.

“No Sambódromo, nós identificamos muitos menores de 12 anos, inclusive crianças de colo e, seguindo a Portaria da Justiça, orientamos os pais e responsáveis a não entrarem no evento. Essa é uma medida educativa, pois sabemos que as festas dispõem de álcool e condutas inapropriadas a crianças”, frisa a secretária.

Carnaboi

O Carnaboi é o tradicional início para os ensaios dos bois-bumbás em Manaus, que terminam com a realização do Festival Folclórico de Parintins, em junho. Neste ano, a festa acontece no Studio 5, na zona sul da capital, nos dias 9 e 10 de fevereiro.

A equipe profissional da Secretaria Executiva de Direitos da Criança e Adolescente (Sedca) é responsável pela distribuição de material informativo, a exposição de cartazes e a fiscalização durante todo o evento, assim como a rede de proteção.

Fonte: Sejusc

Foto: Ygson França

Postagens relacionadas

Prefeito de Manaus David Almeida se reúne com liderança da Igreja Católica e anuncia entrega de Mausoléu para o dia 18 de março

Jamil Maciel

CAPACITAÇÃO – Prefeitura de Manaus promove curso de ‘Produção de Eventos de Rua’

Paulo Apurina

Usuários do ‘Bolsa Família’ precisam atualizar seus acompanhamentos de saúde para manter benefício 

Paulo Apurina
Verified by MonsterInsights