AMAZONAS POLÍCIA

De estivador à chefe do contrato: irmão do prefeito de Iranduba Augusto Ferraz esbanja luxo e poder

A Maldição da Prefeitura de Iranduba: Ao lado de Gilberto do Cão o prefeito Augusto Ferraz só se atola em Escândalos

Mais um escândalo envolvendo o prefeito da cidade de Iranduba, Jose Augusto Ferraz (DEM). Desta vez, a população teve acesso ao Diário Oficial do Município, e revelou que o irmão do chefe do Executivo, Albanir Teixeira de Lima Filho, ocupa o cargo comissionado de Coordenador do Setor de Informática da Secretária Municipal de Infraestrutura, desde 18 de janeiro 2021, quando Ferraz assumiu a prefeitura.

Segundo informações, o novo coordenador do Setor de Informática trabalhava nas empresas da própria família como ajudante de entrega e despachante, e agora ocupa o cargo de chefia no município.

Funcionários da Prefeitura de Iranduba, que preferiram não serem identificados, relataram ao Portal CM7 Brasil que o cargo ocupado pelo irmão do prefeito Augusto Ferraz está apenas no papel, e que a verdadeira função de Albanir Filho é de motorista particular do secretário extraordinário Gilberto de Deus, popularmente conhecido como ‘Gilberto do Cão’.

Segundo informações de moradores, Albanir Teixeira de Lima Filho leva uma vida de luxo e ostentação pelas ruas da cidade, e ainda publica tudo em suas redes sociais, com as bençãos de Augusto Ferraz. Privilegiado, Albanir ainda teria livre acesso a todas as secretarias da prefeitura de Iranduba.

Vale ressaltar que de acordo com o Supremo Tribunal Federal, a nomeação de parentes em cargos públicos configura o crime de nepotismo. “A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal.”

Sendo assim, as nomeações de parentes até o terceiro grau, quer sejam consanguíneos quer sejam afins, violam a Constituição Federal.

Destaque-se também que a referida Súmula do STF é de observância obrigatória para toda a administração pública, seja no nível federal, estadual ou municipal.

A equipe do Portal CM7 Brasil entrou em contato com a Prefeitura de Iranduba, mas até o fechamento desta matéria, não obtivemos respostas.

Saiba mais:

A Maldição da Prefeitura de Iranduba: Prefeito é denunciado por Estelionato Eleitoral

A Maldição da Prefeitura de Iranduba: Prefeito Augusto Ferraz gastou mais de R$ 1 milhão com aluguel de carros

A MALDIÇÃO DA PREFEITURA DE IRANDUBA: “Gilberto do Cão” faz cobrança indevida a empresários, diz denúncia; veja o vídeo

Via CM7

Postagens relacionadas

Pedófilos compartilhavam pornografia infantil em grupos de aplicativos no Amazonas

Ivan Nobre

Pesquisadora Indígena emite ‘Declaração de Inocência’ do Diretor Presidente da Fundação Estadual do Índio do Amazonas

Paulo Apurina

Prefeitura de Manaus inicia planejamento do 1º ‘Natal das Águas, Luz da Esperança’

Paulo Apurina