AMAZONAS

Empresas enviam propostas para gestão da Previdência Complementar da Prefeitura de Manaus

Os membros da Comissão de Estudos para implementação do Regime de Previdência Complementar (CERPC) se reuniram, na quarta-feira, 1º/9, na sede da Manaus Previdência, para a abertura das propostas enviadas pelas entidades fechadas de previdência. A Prefeitura de Manaus lançou o edital de seleção no último dia 6 de agosto e o prazo para envio das propostas encerrou no dia 31 de agosto.

Doze das 42 entidades fechadas de previdência complementar de todo o Brasil, habilitadas pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho (Sprev), enviaram propostas para a gestão do Regime de Previdência Complementar (RPC).

Na próxima fase, a comissão examinará os documentos e serão considerados habilitados para a fase seguinte os proponentes que satisfizerem as exigências que constam no edital.

A Prefeitura de Manaus deverá escolher a melhor proposta, para gerir os recursos da previdência complementar dos servidores municipais e firmar com a entidade privada um convênio de adesão. Vale ressaltar que a previdência complementar será gerida pela entidade fechada de previdência complementar a ser contratada pela prefeitura, e não pela Manaus Previdência.

A lei nº 2.759/2021, que cria o RPC, foi sancionada pelo prefeito David Almeida no dia 15 de julho. Ela é composta de 21 artigos, divididos em três capítulos que descrevem o regime, o plano de benefícios e as disposições finais e transitórias.

A criação do RPC atende às exigências da Emenda Constitucional nº 103, de 12 de novembro de 2019, que é extensiva a todos os estados e municípios que têm um Regime Próprio de Previdência Social (RPPS).

Comissão

A equipe da CERPC atualmente é composta por dez membros, entre os quais Daniela Benayon, como presidente da comissão e representante da Manaus Previdência; Eduardo Alves Marinho, representante da Manaus Previdência; Ana Luísa Souza, representante da Casa Civil; Alessandro Moreira Silva, representante do Conselho Municipal de Gestão Estratégica; Ivson Coelho Silva, representante da Procuradoria Geral do Município (PGM); Edson Nogueira Fernandes Júnior, representante da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef); Arnaldo Gomes Flores, representante da Controladoria Geral do Município (CGM); Cláudia Silva, representante da Secretaria Municipal de Administração e Planejamento de Gestão (Semad); Elias Cruz da Silva, representante do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM); e Emmanuel Salazar, representante da Câmara Municipal de Manaus (CMM

Fonte: Manaus Previdência PMM

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Ouvidoria do TCE-AM inicia atendimentos em Maués

Paulo Apurina

Amazonas já aplicou 6.889.127 doses de vacina contra Covid-19 até esta terça-feira (26/04)

Ivan Nobre

Em Benjamin Constant, Wilson Lima anuncia R$ 14 milhões para sistema viário e Ilumina+ Amazonas

Paulo Apurina