AMAZONAS JUSTIÇA

Especialistas nacionais e internacionais irão debater estratégias contra o crime organizado no MPAM

Reunião acontecerá na outra semana, na sede do Ministério Público do Estado do Amazonas, nos dias dias 16 e 17 de maio

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) se prepara para receber autoridades nacionais e internacionais no combate ao crime organizado, entre as quais representantes de países da América do Sul e dos Estados Unidos. Organizado pelo Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), entidade pertencente ao Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais (CNPG).O encontro está programado para os dias 16 e 17 de maio na cidade de Manaus e visa promover o diálogo e a troca de experiências entre os especialistas, fortalecendo, assim, a cooperação nacional e internacional no combate ao crime organizado.

No primeiro dia, serão discutidas propostas de integração do GNCOC nas redes nacionais de enfrentamento ao crime organizado. Entre os palestrantes confirmados, estão Mário Sarrubbo, secretário nacional de Segurança Pública; Luiz Fernando Corrêa, diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin); Rodney da Silva, diretor de Operações Integradas e de Inteligência do Ministério da Justiça e Segurança Pública; e André de Albuquerque Garcia, secretário Nacional de Políticas Penais da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Já no segundo dia, o foco estará nas perspectivas internacionais do combate ao crime organizado. A lista de palestrantes internacionais confirmados inclui Carlos Alberto del Piélago Cárdenas, juiz superior titular do Peru e presidente de la Primeira Sala Penal de Apelaciones de La Corte Superior de Justiça de Loreto; e Christopher Kirk, agente especial do Serviço de Segurança Diplomática dos Estados Unidos. O evento também contará com a participação de representantes da Argentina, como Ricardo Toranzos, fiscal federal de Salta.

O procurador-geral de Justiça (PGJ) do Amazonas, Alberto Nascimento, presidente do GNCOC, reforça a intenção do encontro, cujo objetivo é promover a integração das autoridades presentes, ampliando o combate ao crime organizado no Brasil e na América latina.“É com alegria que vamos receber no nosso Estado essas grandes mentes no combate ao crime organizado brasileiro e internacional, de modo a ampliar o diálogo, para juntos expandirmos estratégias na eliminação dessas organizações criminosas, com ações inteligentes e integradas”, afirmou o presidente.

Além do PGJ do Amazonas, o encontro reunirá demais procuradores-gerais de Justiça do Ministério Público brasileiros e representantes de todos os Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECOs) do país, assim como conselheiros e núcleos de inteligência das instituições.

….
Texto: Yasmin Siqueira
Foto: Steve Conte

#mpam #cnpg #gncoc #abin #mjsp #senappen #amazonas #brasil

Postagens relacionadas

Escola de Contas do TCE-AM abre temporada de treinamentos com curso sobre prestação de contas anual para jurisdicionados

Paulo Apurina

Sine Manaus oferta 104 vagas de emprego nesta quinta-feira, 10/3

Paulo Apurina

STF: Gilmar Mendes suspende ação que cobra impostos de Lula

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights