ESPORTE

Ginásio Renné Monteiro comemora 49 anos promovendo o esporte e desenvolvimento social no Amazonas

O Programa Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci), oferece no espaço aulas gratuitas de basquete, vôlei e futsal

No aniversário dos 49 anos de existência do Ginásio Renné Monteiro, o Governo do Amazonas destaca o importante papel desempenhado pelo Programa Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci) no local. Desde sua inauguração, em 1º de março de 1975, o ginásio tem colaborado para o desenvolvimento esportivo local, e na formação de jovens atletas, além de ser palco de inúmeras competições esportivas.

“Celebramos 49 anos da longa trajetória desta praça esportiva que se consolida como um espaço de excelência para a prática esportiva. Seu impacto na sociedade vai além das linhas das quadras, estendendo-se para a comunidade por meio do Pelci”, destacou o secretário de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), Jorge Oliveira.

Desde a sua inauguração o espaço tem sido palco de grandes competições em diversas modalidades, como Campeonato Brasileiro de Voleibol Infanto-Juvenil, em 1976, e o Campeonato Brasileiro de Ginástica Rítmica, em 2014. Além de competições estaduais que têm revelado novos talentos, como o Campeonato Amazonense de Judô, Taça Manaus de Handebol Master, Seletiva Brasileiro Regional de Judô, Campeonato Amazonense de Futsal entre outros.

Luana Dourado, uma das jovens atletas do Pelci, na modalidade de vôlei, expressa sua gratidão pelo programa. “Desde que comecei a fazer parte do Pelci, sou mais feliz, sou mais dedicada ao esporte. O Governo do Amazonas está de parabéns por dar a jovens como eu a oportunidade de participar de um Programa que tira a gente da rua”, disse.

Inserido como um dos núcleos do Pelci, o ginásio oferece aulas gratuitas de basquete, vôlei e futsal para crianças e adolescentes entre 15 e 19 anos. O programa socioesportivo tem promovido a atividade física, mas também fornece um ambiente seguro e educativo para jovens que de outra forma estariam expostos às ruas e à ociosidade.

Além do desenvolvimento esportivo, os atletas do Pelci também recebem importantes lições de vida e valores. “Tem sido uma experiência incrível. Aqui aprendi muito com os professores, como educação e respeito”, declarou Paulo Henrique, de 17 anos, que há dois anos faz parte do Pelci, e sonha se jogador profissional de futsal.

Karolina Brasil, professora do Pelci no Ginásio Renné Monteiro, destaca o papel fundamental do esporte na vida dos jovens: “O esporte atua na questão social, na coordenação, na parte cognitiva, ensina a controlar seu próprio tempo e também competir, além de tirá-los das ruas e da ociosidade”.

Com mais de dois anos, o núcleo do Pelci, no Ginásio Renné Monteiro, conta com a participação de 60 alunos, com 80 vagas disponíveis para novas matrículas. As oportunidades se distribuem entre as modalidades de futsal, vôlei e basquete, nos turnos da manhã e tarde. Interessados devem comparecer ao ginásio em horário comercial e serem estudantes da Escola Estadual Solo de Lucena.

Fonte: Secom

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Prefeitura realiza programação da ‘Passagem da bandeira’ alusiva à solenidade do título Manaus Cidade Sul-Americana do Desporto 2024

Jamil Maciel

Mais de 200 pessoas participam de caminhada do TCE-AM

Paulo Apurina

Papai Neymar! Jogador faz corte de cabelo em homenagem à filha recém-nascida, Mavie

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights