AMAZONAS POLÍTICA

Governo do Amazonas beneficia piscicultores de cinco municípios do estado com entregas de alevinos e aeradores

As entregas ocorreram em Manaus, no Parque Multiuso Dr. Eurípedes Ferreira Lins, quilômetro 2 da rodovia BR-174

Mais de 60 piscicultores distribuídos em cinco municípios do Amazonas, foram beneficiados, na segunda-feira (22/01), com as entregas de 100 mil alevinos e oito aeradores, realizadas pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), em conjunto com a Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) e o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal (Idam).

As entregas foram realizadas pelo governador Wilson Lima, em ação de fomento em Manaus, no Parque Multiuso Dr. Eurípedes Ferreira Lins, no quilômetro 2 da rodovia BR-174 (Manaus – Boa Vista/RR).

De acordo com o secretário da Sepror, Daniel Borges, o ano de 2024 iniciou com saldo positivo para o setor primário. Seguindo a determinação do governador Wilson Lima para atender o produtor rural, com entregas de fomento para o desenvolvimento econômico da região.

“Estamos fomentando o setor primário, entregando alevinos e aeradores para a piscicultura, visando potencializar a produtividade local. Isso faz com que o piscicultor gere renda para sua família”, ressalta Daniel.

Alevinos

Foram entregues 100 mil alevinos de tambaqui, divididos para 60 piscicultores dos municípios de Iranduba e Rio Preto da Eva (a 27 e 57 quilômetros distantes da capital, respectivamente), e para a zona rural de Manaus.

Um dos beneficiados, o piscicultor da zona rural de Manaus, José Venâncio, diz que possui dois tanques em sua propriedade. Ele, que recebeu 2 mil alevinos, comenta que o fomento incentivou sua produção, além de diminuir seus custos na piscicultura.

“É muito importante receber os alevinos, porque o custo de um milheiro é R$ 250. Então, é um gasto. E como recebi esse benefício, já ajuda muito, é um incentivo no início da minha produção. Com essa aquisição do Governo, favorece muito nós que somos piscicultores”, finaliza José.

Os alevinos são oriundos do Centro de Tecnologia, Produção e Conservação de Recursos Pesqueiros (CTPC), situado no Distrito de Balbina, em Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus). O Centro é referência na reprodução de peixes nativos, como o tambaqui e a matrinxã. A produção de pós-larvas e alevinos são distribuídos gratuitamente para os piscicultores em municípios com potenciais produtivos na atividade.

Aeradores

Por meio da ADS, foram entregues oito aeradores do tipo 1.5 cv para dois piscicultores: Edinaldo Soares, do município de Barreirinha (a 331 quilômetros de Manaus); e o Milton César, de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus).

Em 2023, foram investidos R$ 737,2 mil em aeradores, beneficiando 69 piscicultores do Amazonas. Os equipamentos são disponibilizados aos produtores a preços subsidiados em até 80% por meio do edital aberto disponível no site da ADS: www.ads.am.gov.br.

Fonte: Secom

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Cultura amazonense prestigiada com emendas parlamentares

Paulo Apurina

Sebrae-AM concede ao site Amazonas Pix diploma de referencial na melhoria de Gestão Empresarial 2023

Paulo Apurina

Amazonas já aplicou 5.338.759 doses de vacina contra Covid-19 até esta segunda-feira (27/12)

Paulo Apurina
Verified by MonsterInsights