AMAZONAS POLÍTICA

Governo do Amazonas disponibiliza seis editais para pesquisadores, com investimento de R$ 49 milhões

Editais são voltados para professores e estudantes da educação básica, alunos da graduação, mestrado e doutorado

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), lançou seis editais que somam R$ 49 milhões. O investimento contempla 800 projetos, aproximadamente, e mais de 5 mil bolsas concedidas pelo Estado, distribuídas entre estudantes e professores dos vários níveis de educação.

Os interessados devem ficar atentos aos critérios e requisitos estabelecidos nos editais para participar das chamadas públicas dos programas Ciência na Escola na Escola (PCE), Apoio à Popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação (POP-CT&I), Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas (Parev) e Apoio a Projetos de Pesquisa e Extensão em Áreas Estratégicas para o Estado do Amazonas – PEX/CT&I.

É também necessário observar os prazos de envio das propostas, que devem ser apresentadas em formulário online específico e enviadas por meio eletrônico, via Sistema de Gestão da Informação da Fapeam – SigFapeam, disponível no site da instituição.

Já nos programas de Apoio à Iniciação Científica do Amazonas (Paic-AM) e Apoio à Pós-Graduação Stricto Sensu (Posgrad), as cotas de bolsas concedidas pela Fapeam são repassadas para as instituições de ensino e pesquisa do Amazonas.

A diretora-presidente da Fundação, Márcia Perales, explica como funcionam as candidaturas dos interessados. “É uma concorrência pública e direcionada para objetivo de cada um dos editais. Todo o sistema acontece de forma online na plataforma da Fapeam e segue um curso até nós chegarmos ao final de um processo de análise, de enquadramento, em que os projetos por mérito serão contratados”, afirmou Perales.

Os editais estão disponíveis na página www.fapeam.am.gov.br. Serão apoiados professores e estudantes da educação básica, alunos da graduação e em níveis de mestrado e doutorado, além de projetos destinados à popularização da ciência, pesquisa e extensão, a serem desenvolvidos na capital e interior do estado.

Formação e capacitação

Na educação básica, o Governo do Amazonas vai disponibilizar, por meio do PCE, R$ 5 milhões para apoiar a participação de professores e estudantes do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental, da 1ª à 3ª série do Ensino Médio e suas modalidades: educação de jovens e adultos, educação escolar indígena, atendimento educacional específico e Projeto Avançar, em projetos de pesquisa a serem desenvolvidos em escolas públicas estaduais sediadas no Amazonas e municipais de Manaus ou Tefé (distante 523 quilômetros de Manaus). O edital prevê o apoio a 700 projetos.

Em nível de graduação, o Paic conta com investimentos da ordem de R$ 9,6 milhões, que serão distribuídos em auxílio-pesquisa e em 1.318 cotas de bolsas ofertadas a estudantes interessados no desenvolvimento de pesquisa em instituições públicas e privadas do Amazonas.

Para apoiar a formação de recursos humanos em alto nível, a nova edição do Posgrad recebe investimento de R$ 30,7 milhões e 1.030 cotas de bolsas, em níveis de mestrado e doutorado, serão disponibilizadas pela Fapeam.

O programa apoia, com bolsas de mestrado e doutorado, e auxílio financeiro, as instituições localizadas no estado do Amazonas que desenvolvem programas de pós-graduação Stricto Sensu credenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal em Nível Superior (Capes).

Popularização da Ciência

Na linha de popularização e difusão da ciência, o Governo do Amazonas investe quase R$ 3 milhões. Por meio do Parev, serão aplicados R$ 2 milhões para apoiar a realização de eventos regionais, nacionais e internacionais, sediados no estado do Amazonas, relacionados à CT&I como congressos, simpósios, workshops, seminários, ciclo de palestras, conferências e oficinas de trabalho, visando divulgar resultados de pesquisas científicas, contribuindo na promoção do intercâmbio científico e tecnológico no Amazonas.

Quanto ao incentivo e apoio à realização de eventos de popularização da ciência, prioritariamente no interior do estado, o Governo do Amazonas destinará R$ 800 mil por meio do financiamento da produção e distribuição de materiais educativos para democratizar a produção do conhecimento em CT&I, fortalecer a Semana Estadual de Ciência e Tecnologia e a própria Política Pública de CT&I do Amazonas, por meio do POP-CT&I.

Inédito

Inédito no Amazonas, o PEX-CT&I vai fomentar projetos de extensão, no âmbito da pós-graduação que associem pesquisa, ensino e extensão, com objetivo de subsidiar gestores públicos na elaboração de políticas socialmente relevantes, interdisciplinares, que contribuam para a redução das desigualdades ou vulnerabilidades sociais.

O objetivo é a melhoria da qualidade de vida e promovendo o desenvolvimento socioambiental, científico e econômico da população do estado do Amazonas. A chamada tem investimento de R$ 1 milhão.

Fonte: Secom

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Adjuto Afonso e Roberto Cidade abrem debate sobre regulamentação do garimpo no AM

Jamil Maciel

Omar Aziz é reeleito senador pelo Amazonas

Paulo Apurina

Wilson Lima e ministro Wellington Dias formalizam adesão do Amazonas ao Plano Brasil Sem Fome

Jamil Maciel
Verified by MonsterInsights