AMAZONAS INTERNACIONAL

Manaus encerra participação em programa internacional da Iurc, em Bruxelas

Encerrando o intercâmbio cultural promovido pela União Europeia nos últimos três anos, a Prefeitura de Manaus participou do encontro anual do Programa Internacional de Cooperação Urbana (Iurc) América Latina, em Bruxelas, na Bélgica, nos dias 23 e 24 de outubro, com foco em planejamento urbano, regeneração do tecido das cidades e reabilitação de centros históricos, além da atração da comunidade, turismo e conexão com as orlas por todo mundo. Do Brasil, além de Manaus, participaram representantes do Ceará, Paraná e São Paulo. O evento encerra, nesta quarta-feira, 25/10, com uma série de visitas locais.

Durante dois dias de intensa programação técnica e com workshops e estudos de caso, além de grupos temáticos e apresentações sobre impactos globais do programa, incluindo conexão e insights com especialistas de alto nível, o vice-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), o arquiteto e urbanista Claudemir Andrade, lembrou que o programa “Nosso Centro”, lançado pelo prefeito David Almeida, se encaixa nos principais eixos apresentados pelo grupo internacional.

“O programa de Manaus fortalece a identidade do centro da capital amazonense a partir de intervenções no domínio público, com legado para a arquitetura e desenvolvimento urbano inovador, juntamente com melhorias previstas para sustentabilidade, habitabilidade e regeneração urbana. No ‘Nosso Centro’, estamos reativando espaços existentes e criando um amplo ambiente público que vai desempenhar um papel fundamental na vida dos moradores do entorno, dos visitantes e turistas de Manaus. Será um local do encontro entre os diferentes grupos culturais e sociais, composto de mirante, largo e casarões revitalizados, mas também pelas ruas, para a prática da caminhabilidade, com acesso completamente gratuito”, explicou Andrade.

Para Andrade, o encontro faz um grande resumo dos três anos de intercâmbio que Manaus participou, tendo como cidade-irmã, na parceria, a italiana Nápoles. “Temos a oportunidade não só de conhecer a área histórica e metropolitana da Bélgica, com visitas no centro histórico, mas também nas oficinas que estão acontecendo, compartilhando as experiência de cidades-pares, como Milão (Itália) e São Paulo; Braga (Portugal) e St.John’s (Canadá); entre outras, sobre regeneração de áreas urbanas até uso de hidrogênio verde e eventos culturais”, explicou Andrade.

Conhecer e vivenciar experiências e casos de sucesso, in loco, avanços urbanísticos e soluções tecnológicas e sustentáveis, está na agenda do evento. “Cidades europeias, até por serem mais antigas, têm anos de planejamento urbano. Muitas das vivências que temos hoje, problemas da atualidade nossa, nas cidades latinas, já foram vivenciadas em outros tempos por eles. A troca de experiência é muito boa e saímos do programa com essa contribuição, da transformação urbanística e humana, além da tecnologia como ferramenta”, comentou.

Nos workshops, Manaus ainda participou da apresentação de estudos de caso sobre acordo verde, gestão de resíduos, turismo, mobilidade urbana, agricultura sustentável, envolvendo países e cidades como Pireu (Grécia), Boston (EUA), Fortaleza (CE), Bangkok (Tailândia), Zhengzhou (China), Madrid (Espanha), entre outros.

O representante de Manaus viajou com despesas pagas pela Iurc/União Europeia.

Anual
A Iurc América do Norte e a América Latina organizam o evento em combinação com o evento anual Iurc Global, em Bruxelas, nos dias 23 a 24 de outubro de 2023. Cidades, áreas metropolitanas e regiões participantes do programa e as áreas geográficas da América Latina apresentaram os destaques da sua participação, as lições aprendidas e as aspirações para o futuro da sua cooperação.

Reabilitação
Desde 2021, Manaus integra o programa Iurc América Latina, tendo como cidade-irmã Nápoles, na Itália. A prefeitura, por meio do Implurb, assinou um termo de cooperação internacional, oficializando os trabalhos para acelerar o desenvolvimento urbano em governos com objetivos semelhantes.

As duas cidades-metrópoles compartilham experiências urbanas, arquitetônicas e de patrimônio, com diferentes estratégias e ações voltadas para a preservação dos seus territórios.

Fonte: Implurb

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Conselheiros receberão medalha do Mérito Acadêmico pela Esmam

Vilhena

Roberto Cidade recebe representantes da Unale que vieram ao Amazonas entregar prêmio à Aleam

amazonaspix@gmail.com

Decano do TCE-AM, conselheiro Júlio Cabral é aposentado  pelo colegiado

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights