EDUCAÇÃO

Manipuladores de alimentos da rede estadual recebem qualificação profissional em workshop

Mais de 200 manipuladores de alimentos, conhecidos popularmente como merendeiros, participaram da atividade

Mais de 200 manipuladores de alimentos de escolas da rede estadual de ensino participaram, nesta sexta-feira (02/02), da 5ª edição do Encontro Manipuladores de Alimentos da Coordenadoria Distrital de Educação 6 (CDE 6), no Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Marcantonio Vilaça II, na zona norte da capital.

No workshop, que contou com o apoio da Gerência de Alimentação Escolar (GAE) da Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar, foram discutidas técnicas de cozinha, higienização dos alimentos e socialização da rotina de trabalho, com o objetivo de aprimorar a qualificação profissional dos manipuladores de alimentos da rede.

As técnicas desenvolvidas estão alinhadas com o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), como explicou a coordenadora adjunta administrativa da CDE 6, Silvia Porfírio. Aproximadamente, 28 mil alunos estudam nas 27 escolas estaduais da CDE 6.

“É um momento de repassar as diretrizes guiadas pelo PNAE. Esses momentos de formação estão previstos no programa nacional e visam aprimorar a qualidade da alimentação ofertada aos alunos em nossas escolas”, destacou a coordenadora.

Maior participação

A presença massiva dos profissionais que atuam diariamente nas cozinhas das escolas da rede estadual foi a novidade desta edição do Encontro de Manipuladores de Alimentos. Nos anos anteriores, eram escolhidos um representante de cada escola. Neste ano, todos os profissionais foram convidados.

Manipuladora de alimentos na Escola Estadual Dom João de Souza Lima, na zona norte de Manaus, Melina Lima, contou que o workshop é uma oportunidade importante de evoluir na profissão dela.

“As formações também são momentos importantes de contrapartida. É hora de ouvir e ser ouvido. A gente se sente mais capacitado para nossa função, que é muito relevante dentro de uma rotina escolar”, compartilhou Melina.

Qualificação contínua

Entre métodos de recebimento de alimentos, armazenamento, descongelamento e utensílios corretos para preparo, os manipuladores de alimento também saíram do evento com a expectativa de receberem, em breve, outra qualificação: a de técnicas de reutilização de cascas de frutas. A previsão é que o curso aconteça em julho deste ano.

“Em breve, teremos um outro encontro para também desenvolver, na prática, técnicas de reutilização de cascas de alimento. Em parceria com o programa Mesa Brasil, essa será mais uma qualificação para os nossos manipuladores de alimentos, visando trazer uma alimentação mais nutritiva para os alunos”, ressaltou Alcineia Souza, nutricionista da Secretaria de Educação, e que atua na CDE 6.

Fonte: Seduc-Am

Foto: Euzivaldo Queiróz

Postagens relacionadas

Prefeito David Almeida fiscaliza obras de creche e anuncia entrega para as próximas semanas

Jamil Maciel

Prefeito realiza abertura das Municipíadas e Paramunicipíadas

Jamil Maciel

Cetam abre Ano Letivo 2024 dos Cursos Técnicos em Manaus

Jamil Maciel
Verified by MonsterInsights