AMAZONAS JUSTIÇA

Ministério Público do Amazonas reúne, em Manaus, grandes nomes do Brasil e de outros países em encontro sobre crime organizado

Encontro do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC) acontece na sede do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM)


Do Sistema Penitenciário Federal à manipulação de resultados em competições esportivas, passando pelo tráfico de drogas na fronteira, entre outros subtópicos, o crime organizado é a principal pauta do Encontro do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC) que iniciou na manhã desta quinta (16/05) e segue até amanhã (17/05), no auditório Carlos Alberto Bandeira de Araújo, na sede do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM). O objetivo da iniciativa é debater estratégias de atuação e avançar no fortalecimento do grupo.

Responsável por promover a primeira reunião presencial com todos os Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECOs) do país, o procurador-geral de Justiça do Amazonas (PGJ), Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, que também preside o GNCOC, junto ao Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais (CNPG) até este evento em Manaus, informou que a iniciativa também reúne procuradores-gerais, conselheiros e núcleos de inteligência das instituições. “Esta reunião é um grande passo rumo ao estreitamento de laços e alinhamento de estratégias de combate ao crime organizado. Nestes dois dias, nossa expectativa é de que saiamos ainda mais preparados para o enfrentamento deste mal que prejudica o desenvolvimento do país há tanto tempo”, afirmou o procurador-geral.

Compuseram a mesa de honra na abertura do encontro, além de outras autoridades, o conselheiro nacional do MP, Jaime Miranda; a subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Administrativos do MPAM, Lílian Maria Pires Stone, e o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/AM), promotor de Justiça Igor Starling, que foi elogiado pelo PGJ na abertura do evento, por sua contribuição no GNCOC e pela organização do evento em Manaus.

Grandes nomes do combate ao crime organizado estão presentes no evento, tais como: Rodney da Silva, diretor de Operações Integradas e de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública, órgão do Ministério da Justiça e Segurança Pública; Luiz Fernando Corrêa, diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN); André de Albuquerque Garcia, titular da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), órgão do Ministério da Justiça e Segurança Pública, entre outros.

Prestígio internacional

Expandindo fronteiras, o Encontro do GNCOC também receberá representantes internacionais em Manaus: Juan Matias Méndez, gerente de Parcerias de Integridade na América Latina – SportRadar; Carlos Alberto del Piélago Cárdenas, juiz superior titular, presidente de la Primeira Sala Penal de Apelaciones de La Corte Superior de Justiça de Loreto (Peru); Ricardo Toranzos, fiscal federal de Salta (Argentina); e Christopher Kirk, agente especial do Serviço de Segurança Diplomática, a agência de Polícia Federal do Departamento de Estado dos EUA.

Sucessão
O procurador-geral do MPAM, Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, também aproveitou a oportunidade do evento para fazer passagem simbólica da presidência do GNCOC para o procurador-geral do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Danilo Lovisaro do Nascimento.



Texto: Lennon Costa
Fotos: Hirailton Gomes

#mpam #gncoc #amazonas

Postagens relacionadas

Wilson Lima destaca aumento de 76,5% na cobertura de esgoto em Manaus, com investimentos do Prosamin+

Paulo Apurina

Detran Amazonas realiza operação “Lei Seca” em feriado prolongado na capital do estado

amazonaspix@gmail.com

Em nove meses de campanha da Prefeitura de Manaus contra a Covid-19, a SEMSA já imunizou 61% da população

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights