JUSTIÇA SAÚDE

MPAM requer à Justiça aplicação de multa a Unimed FAMA por descumprimento de decisão liminar

Documentos apresentados por usuários ao órgão ministerial comprovam o descumprimento da decisão.

O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio da 81ª Promotoria de Justiça Especializada em Defesa do Consumidor, requereu à Justiça a aplicação de multa majorada à Unimed Fama por descumprimento de sentença. Em novembro de 2023, a Justiça determinou o restabelecimento do atendimento presencial e a portabilidade imediata de carência aos clientes com Transtorno do Espectro Autista.

O descumprimento da decisão judicial pela da Operadora Unimed FAMA foi denunciado por um grupo de usuários ao MPAM mediante a apresentação de documentos que comprovam o não restabelecimento do atendimento presencial.

Na liminar, a multa diária foi fixada no valor de R$ 50 mil limitada a 10 dias. Segundo a titular da 81ª Prodecon, Sheyla Andrade, o valor aplicado se mostrou insuficiente para compelir a operadora de plano de saúde a cumprir suas obrigações com os consumidores.

A decisão também determina a efetuação em até 48 horas a portabilidade de carência aos usuários, assegurando ainda o acesso irrestrito ao sistema da Unimed Fama pelo prazo mínimo de 60 dias.

Fonte: MPAM

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Prefeitura de Manaus promove webinário para fortalecer rede de proteção de crianças e adolescentes contra a violência sexual

Jamil Maciel

Qual a melhor posição para dormir? Especialista tira dúvidas

amazonaspix@gmail.com

Prefeitura de Manaus promove programação com atividades físicas a servidores e alunos da Semed

Jamil Maciel
Verified by MonsterInsights