ECONOMIA JUSTIÇA

PGE-AM economiza mais de R$ 10 Milhões em quatro mutirões de negociações pré-processuais para os cofres públicos

Foram realizados 1.200 acordos em quatro mutirões em parceria com o Tribunal de Justiça do Amazonas

A Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM), por meio da 1ª Câmara de Prevenção e Resolução Administrativa de Conflitos (1ª CPRAC), garantiu uma economia de mais de R$ 10 milhões aos cofres públicos em quatro mutirões de negociações pré-processuais, promovidos em parceria com o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

A primeira parte do 4º e último mutirão de 2023 aconteceu entre os dias 25 e 27 de outubro, no Fórum Cível Des. Euza Maria Naice de Vasconcelos, no Aleixo.

“Em quatro mutirões foram realizados 1.200 acordos, com uma economia superior a R$ 10 milhões se comparado ao cenário de judicialização. É dinheiro que não apenas o Estado deixa de gastar, o judiciário economiza com aparelhamento das suas varas, mas é um recurso que vai ser reinvestido nos próprios cidadãos”, destaca a coordenadora da 1ª CPRAC, Procuradora Élida de Lima Reis Correa.

Os primeiros três mutirões envolveram apenas servidores militares, quando foram tratadas questões referentes a revisões salariais (datas bases). Neste último mutirão, questões como diferença remuneratória e gratificação de cursos foram incluídas nas pautas dos militares, além do atendimento aos servidores civis.

A segunda parte do 4º Mutirão de Negociações de Acordos Pré-Processuais está marcada para acontecer, entre os dias 6 e 10 de novembro, durante a Semana Nacional de Conciliação, iniciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“Se você tiver um processo judicializado e ainda tiver interesse em fazer acordo, para receber de forma mais rápida e segura, pode procurar a 1ª CPRAC ou a Vara que tramita o seu processo e pedir a inclusão na Semana Nacional de Conciliação”, explica Élida Reis Correa.

Fonte: PGE

Foto: Suelem Carneiro

Postagens relacionadas

Conselheiro do TCE-AM tomará posse como vice-presidente do Instituto Rui Barbosa

Paulo Apurina

Restando duas semanas para fim do prazo, apenas 49 gestores entregaram a Prestação de Contas Anual

Paulo Apurina

Ageman e Conselho Municipal de Gestão Estratégica traçam metas dos serviços regulados para a capital amazonense

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights