OPORTUNIDADE

Prefeitura de Manaus prepara workshop internacional e visita de italianos na capital após Fórum Urbano Mundial

Após participação no 11º Fórum Urbano Mundial (FUM), realizado pela Organização das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (UM-Habitat) na Polônia, e da visita técnica internacional a Nápoles, na Itália, a Prefeitura de Manaus segue com o calendário de cooperação dentro do Programa Internacional de Cooperação Urbana (Iurc).

No final de julho, os grupos de Manaus, do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), e da cidade que faz parceria, Nápoles, vão realizar novas rodadas de encontros virtuais para tratar da troca de experiência em regeneração urbana, sustentabilidade urbanística e perspectivas, incluindo a organização de um workshop virtual.

Também estará na pauta o planejamento para a Prefeitura de Manaus receber os italianos, que virão conhecer a capital amazonense e suas práticas urbanas entre outubro e novembro. Coordenador de projetos no Implurb, o arquiteto e urbanista Leonardo Normando citou que todo o networking e experiências trocadas no fórum vão ajudar na replicação de cases de sucesso em outros países.

“Durante a viagem ampliamos a rede de network e de práticas urbanas sustentáveis e verdes, com os parceiros do Iurc da América Latina e América do Norte. Importante ter conferido, com diversos países participantes do Fórum Mundial, que as boas práticas não estão dissociadas de tendências e exemplos globais, sendo indicativos de que Manaus pode ter muitas ações replicadas conforme sua realidade, após adaptação”, afirmou.

Com as facilidades de conexão e tecnologia, além de tendências e referências urbanísticas e arquitetônicas, é preciso pensar Manaus em uma escala coordenada com cases de sucesso mundiais. “O urbanismo é construído com constantes trocas de experiências. Costumamos tomar como referências cidades latino-americanas que estão mais adequadas em mobilidade, transporte, moradia e espaços verdes. Mas há outras referências e reabilitações que podem ser ajustadas à nossa realidade. Pensar a cidade não pode ser dissociado da troca de experiência mundial”, destacou Normando.

Locais verdes, acessíveis, inclusivos, produtivos, incluindo cidades compactas, como experiência global em 2022, estão na pauta da agenda urbana. “É importante fortalecer a capacidade dos governos e gestão locais para projetar, desenvolver e implantar planos e projetos que promovam o ambiente sustentável e inclusivo no planejamento. A sustentabilidade segue em alta e as ações de governo com foco nas pessoas é uma tendência para que a comunidade possa usufruir das cidades com qualidade de vida e organização”, completou o vice-presidente do Implurb, arquiteto e urbanista Claudemir Andrade.

Fonte: Implurb

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Sine Manaus oferta 167 vagas de emprego nesta quinta-feira, 21/7

Jamil Maciel

Prefeitura de Manaus realiza nesta quarta-feira provas para a residência jurídica da PGM

Paulo Apurina

Prefeitura de Manaus promove palestras de empreendedorismo no Sine Manaus

Jamil Maciel