AMAZONAS EDUCAÇÃO MANAUS POLÍTICA

Prefeitura de Manaus reinaugura escola na zona rural que estava há 20 anos sem receber reformas

Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), reinaugurou, na tarde desta segunda-feira, 1º/7, a escola municipal São José Rodoviária, localizada no quilômetro 53 da rodovia AM-10 (Manaus-Itacoatiara). A escola estava sem reforma há mais de 20 anos, com a última intervenção tendo sido realizada em 2003.

Com a entrega da escola, a atual gestão alcançou a marca de 341 unidades de ensino revitalizadas ou construídas, marca que destaca o avanço na infraestrutura educacional da região, proporcionando um ambiente mais moderno e acolhedor para o desenvolvimento dos alunos, como enfatizou o prefeito de Manaus, David Almeida.

“Essa escola está fora do perímetro urbano de Manaus, porém ela está dentro da nossa rede de atuação. É uma escola que estava há mais de 20 anos sem reforma, nós transformamos e demos a essa escola um padrão de qualidade que nós estamos dando para a rede municipal de educação.  Com isso, a gente chega à escola e creche de número 341, construída, transformada, reformada, ampliada e entregue para a comunidade”, afirmou Almeida.

Após a reforma, o prédio está mais moderno e com espaços escolares adequados às necessidades atuais dos alunos e professores. Agora, a escola São José passou a ter sete salas de aulas, uma sala de multiuso, Centro de Tecnologia Educacional (CTE) para atividades diversas e integradas, sala dos professores, diretor, pedagogo, depósito pedagógico e sala de recurso.

01.07.24 - Prefeitura de Manaus reinaugura da escola municipal São José Rodoviária.

Para a titular da Semed, Dulce Almeida, a inauguração confirma o compromisso da gestão em sempre buscar melhorar a qualidade dos serviços oferecidos a população.

“Estamos na zona rural da cidade de Manaus entregando uma escola com o mesmo padrão de qualidade que as demais entregues nas zonas da cidade. Essa população está recebendo atenção da gestão do prefeito David Almeida, o que é novidade, porque por mais de duas décadas foi esquecida pelo poder público. Tenho certeza que estamos ajudando a escrever uma nova página da educação de Manaus”, citou Dulce.

Para organização de material e documentos, foi criada uma sala de arquivo e um refeitório e área de recreação, o que garante um espaço adequado para alimentação e lazer dos alunos, quatro banheiros, sendo dois para alunos e dois funcionários e ainda depósito de material de limpeza, área de serviço e lixeira. Ainda foi construída uma cozinha equipada com depósitos de alimentos, abrigo de gás liquefeito de petróleo (GLP).

Ana Clara da Silva, 12, 5º ano, é uma das 127 estudantes que viverão essa nova realidade. A menina ficou surpresa com a nova escola que encontrou.

“Eu estudo aqui desde o terceiro ano, essa escola não tinha nada, era só umas salas e um campo, quando cheguei tomei um susto, está muito lindo. Esse é o meu último ano e espero que tomem conta desse local, não risquem as paredes e não quebrem nada”, disse a estudante. 

— — —

Texto – Thiago Fernando / Semcom e Erica / Semed

Fotos – Antônio Pereira / Semcom

#semed #pmm #manausamazonas

Postagens relacionadas

Ministro diz que Brasil quebrou amarras do teto de gastos

Jamil Maciel

Cmei Gonçalves Dias é palco de magia em mais uma ação do VIII Festival Olímpico da Educação Infantil

Jamil Maciel

Em Novo Aripuanã, Detran-AM entrega 150 kits de segurança para mototaxistas e inaugura posto avançado de atendimento

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights