AMAZONAS JUSTIÇA

A pedido da Defensoria, juíza determina o restabelecimento imediato do fornecimento de água para mãe de criança autista 

 A decisão estabelecia pagamento de multa diária de R$ 1 mil, limitada a dez dias, a religação aconteceu nesta sexta-feira (28) 

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) por meio do Núcleo de Defesa da Saúde (Nudesa), obteve decisão que determina que a Àguas de Manaus realize o restabelecimento de água para uma mãe de um filho autista que teve o serviço interrompido pela concessionária.  A religação aconteceu na última sexta-feira (28).

Na decisão, a juíza Lia Maria Guedes de Freitas, do Juízo de Direito da Central de Plantão Cível de Manaus, reconheceu o direito ao fornecimento de água como essencial. De acordo com ela, os cortes só podem ser realizados em casos excepcionais.  

No caso em questão, a magistrada considerou que a interrupção do serviço colocava em risco a saúde da criança autista, que depende da água para seus cuidados básicos, atendendo ao pedido assinado pelo defensor Arlindo Gonçalves, coordenador do Nudesa. 

A decisão impõe, ainda, que a concessionária deve cumpri-la imediatamente, sem a necessidade de aguardar o julgamento final do processo.

Via Assessoria de Comunicação

#dpeam #amazonas

Postagens relacionadas

Pleno do TCE-AM aprecia 47 processos nesta segunda-feira (21)

Paulo Apurina

Sine Manaus oferta 241 vagas de emprego nesta terça-feira, 18/6

Paulo Apurina

David Almeida nomeia Ivson Coêlho novo procurador-geral de Manaus

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights