MANAUS SAÚDE

Prefeitura entrega Unidade de Apoio à saúde no ramal da Cooperativa, na zona rural de Manaus

Prefeitura de Manaus entregou, nesta sexta-feira, 24/5, as novas instalações da Unidade Rural de Apoio Cooperativa do Pau Rosa, localizada no assentamento do Tarumã-Mirim, com acesso pelo quilômetro 21 da BR-174. A unidade integra a rede de atenção básica da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e vai funcionar como base vinculada à Unidade de Saúde da Família (USF) Pau-Rosa, prestando assistência a aproximadamente 1.100 pessoas que residem em 20 comunidades e vicinais ao longo de 49 quilômetros do ramal da Cooperativa.

De acordo com a titular da Semsa, Shádia Fraxe, a estratégia visa levar os serviços da carteira básica para mais perto da população, instalada de maneira dispersa e em localidades de difícil acesso na área rural terrestre.

“A USF Pau-Rosa fica a 10 quilômetros de distância e facilita tanto a ida dos moradores até o serviço quanto as visitas dos agentes de saúde às moradias da região. Então, é de extrema importância o olhar do prefeito David Almeida para a área rural, trazendo saúde para a população mais distante”, disse.

24.05.24 -  Prefeitura entrega Unidade de Apoio à saúde no ramal da Cooperativa, na zona Rural de Manaus

Os serviços oferecidos incluem consultas médicas, de enfermagem e de odontologia, planejamento reprodutivo, pré-natal, vacinação, controle e acompanhamento de hipertensos e diabéticos, preventivo do câncer do colo do útero, teste do pezinho, testes rápidos para sífilis, HIV e hepatites virais, diagnóstico e tratamento de tuberculose, hanseníase e de endemias como malária, leishmaniose, doença de chagas e filariose.

Estrutura

As obras na unidade, que começou a funcionar em 2004 como base de endemias e, em 2013, como base de apoio, permitiu que a antiga estrutura fosse ampliada e readequada, passando a contar com dois consultórios clínicos, consultório odontológico, farmácia, laboratório de endemias, sala de vacinas, sala de procedimentos, recepção e ambientes administrativos.

A diretora da unidade, Rita de Cássia Ferreira Sena, ressaltou que todos os ambientes da nova unidade são climatizados e equipados e que a estrutura valoriza também o trabalho dos agentes comunitários de saúde (ACSs) que visitam a população de casa em casa e dos agentes de combate a endemias (ACEs), que fazem o trabalho de prevenção e controle de doenças endêmicas, também com ações de campo.

No total, 17 servidores compõem as equipes multiprofissionais que serão responsáveis pela oferta de serviços da Unidade Rural de Apoio. Delas fazem parte médico, enfermeiro, cirurgião-dentista, técnico de enfermagem, agente comunitário de saúde, microscopista, motorista, agente de combate a endemias e supervisor.

Para complementar o trabalho de controle de endemias realizado naquela região, a Semsa também revitalizou o laboratório móvel de diagnóstico de malária e leishmaniose. Montado em um trailer, o laboratório é usado para dar suporte à coleta de exames para confirmação de casos das duas doenças e orientação para o tratamento precoce que permite a interrupção da cadeia de transmissão.

A líder comunitária Valdeíza Lopes agradeceu a prefeitura de Manaus pelo trabalho que vem sendo feito nas comunidades rurais. “Eu quero só agradecer e dizer que isso daqui vai beneficiar muito as pessoas que vão ser atendidas aqui mesmo, ao invés de ter que ir até a unidade básica”, disse. “Nós nunca tivemos essa atenção, esse carinho. A unidade está linda e vai servir para todos nós que fazemos parte do Tarumã-Mirim”, destacou.

Além de servidores da Semsa, moradores, lideranças comunitárias e políticas participaram da solenidade de entrega da unidade de apoio.

Rede

A Unidade Rural de Apoio ‘Cooperativa do Pau Rosa’ é o segundo serviço entregue pela Prefeitura de Manaus nos últimos dias com o objetivo de ampliar e melhorar a assistência em saúde prestada aos moradores da área rural do município.

No dia 16 de maio, foi inaugurada a Base Fluvial de Endemias Enfermeiro Adenilson dos Santos Torres, que, ancorada na marina do Davi, na zona Oeste, serve de apoio para o trabalho de busca ativa, diagnóstico e tratamento de endemias em 74 comunidades distribuídas nas calhas dos rios Negro e Amazonas.

O diretor do Distrito de Saúde (Disa) Rural, Rubens Souza, salientou que a ampliação e melhoria dos serviços nas áreas rurais e ribeirinhas fortalecem o Sistema Único de Saúde (SUS) na capital, beneficiando uma população que tem necessidades específicas e que sente diretamente o impacto dos ciclos da natureza, como a cheia e a vazante.

Pacote

A entrega da nova unidade rural de apoio eleva para 73 o número de unidades de saúde revitalizadas, reformadas ou construídas na atual gestão. Cinco delas são Unidades de Saúde da Família de grande porte, com 1,2 mil metros quadrados de área construída e capacidade para realizar entre 15 e 20 mil procedimentos por mês.

Outras 19 reformas e construções estão em curso, sendo sete de grande porte. Além disso, fazem parte do plano de obras do município mais 31 construções, reformas e revitalizações na área da saúde, programadas pela gestão municipal para reduzir vazios assistenciais, auxiliar na elevação da cobertura da atenção básica e ampliar com qualidade os serviços prestados à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS) na capital.

— — — 

Texto – Andréa Arruda / Semsa

Fotos –  Artur Barbosa / Semsa

#ramalguabranca #semsa #pmm #manausamazonas

Postagens relacionadas

Governo do Amazonas anuncia expediente reduzido para os feriados de Ano Novo

Vilhena

Ações do projeto Mapa de Manaus passam pelos bairros Japiim, Ponta Negra e Santo Agostinho

Jamil Maciel

Campanha de vacinação contra a Covid-19 terá 57 pontos nesta quinta e sexta-feira

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights