AMAZONAS MANAUS POLÍTICA SAÚDE

Prefeitura inaugura novo Caps no parque Amazonino Mendes e amplia rede de atenção psicossocial em Manaus

Como forma de ampliar a rede de atendimento de saúde da cidade, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realizou, nesta sexta-feira, 21/6, a inauguração do Centro de Atenção Psicossocial (Caps AD) Dra. Eliana Vitorino Schramm, localizado na segunda etapa do parque Amazonino Mendes, na confluência das zonas Leste e Norte da capital. O espaço será voltado para o atendimento de usuários de álcool e outras drogas.

Com 626 metros quadrados, a estrutura foi construída a partir de projeto desenvolvido pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), e tem capacidade para realizar 900 atendimentos por mês, serão oferecidos serviços de atenção psicossocial incluindo acolhimento individual e familiar, com escuta qualificada; terapia psicofarmacológica; atendimentos psicológicos e psiquiátricos; e oficinas terapêuticas.

Para o prefeito David Almeida, o novo Caps fortalece ainda mais a rede de atendimento da população, principalmente por estar instalado entre as duas zonas mais populosas da capital. Além disso, ele anunciou que o Viver Melhor irá receber um Caps nos próximos meses.

“Nós estamos ampliando o nosso atendimento psicossocial. Esse é um Caps Ad montado para atender dependentes de álcool e de outras drogas. Dentro de uma nova concepção, estamos entregando esse mobiliário público para melhor atender a população da cidade de Manaus. Estamos nas duas zonas mais populosas da cidade e já temos o planejamento para na próxima semana, assinarmos a ordem de serviço para a construção de um outro Caps lá no Viver Melhor (Lago Azul), e certamente vamos qualificando os serviços oferecidos a nossa população”, destacou Almeida.

No local, poderão ser atendidos de forma voluntária pessoas a partir de 18 anos que tenham problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas. O atendimento será feito por equipe multidisciplinar composta por profissionais das áreas de clínica médica, psiquiatria, psicologia, enfermagem, serviço social, terapia ocupacional, farmácia, nutrição e educação física.

Para acessar o serviço não será necessário encaminhamento ou agendamento e o usuário poderá se dirigir diretamente à unidade, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.

Com a entrega do novo estabelecimento, Manaus passa a contar com seis Caps, sendo cinco da rede municipal – 2 do tipo AD, 1 Caps geral para adultos e 2 Caps infantojuvenis – e um da rede estadual.

Para o titular da Semsa, Djalma Coelho, a atual gestão municipal dá um passo importante com a nova estrutura e reafirma o compromisso com a população.

“Estamos tendo um olhar diferenciado e muito carinhoso com a nossa população e, principalmente, com quem precisa desse tipo de atendimento. Esse Caps AD é um marco para a cidade e só reforça os esforços realizados pelo prefeito David Almeida e por toda equipe da Semsa de levar os melhores serviços para quem mais precisa. Essa estrutura irá ajudar a transformar a vida de muitas pessoas que precisam deste atendimento e acompanhamento”, afirmou Coelho.

Obras

O Caps AD Dra. Eliana Vitorino Schramm eleva para 76 o número de unidades municipais de saúde reformadas, ampliadas, revitalizadas ou construídas na atual gestão. As intervenções fazem parte do plano de obras que visa aumentar o acesso da população à atenção primária em saúde e elevar a qualidade dos serviços prestados ao cidadão na capital amazonense.

Dentre as obras de maior impacto estão as construções de Unidades de Saúde da Família (USF) com mais de mil metros quadrados de área construída. Cinco estruturas de grande porte já foram entregues (duas na zona Norte; uma na zona Oeste; uma na zona Sul da capital; e uma na zona Leste). Outras dez unidades de grande porte já estão em andamento, assim como 12 reformas de unidades de médio porte.

As novas estruturas físicas, aliadas à melhoria de fluxos, inovações tecnológicas, monitoramento de resultados e valorização dos servidores, apoiam os avanços na saúde do município, que elevou, por exemplo, de 47% para 81,5% a cobertura de atenção primária e está há sete quadrimestres consecutivos em primeiro lugar no ranking de capitais do Previne Brasil, programa nacional que mede a qualidade da saúde básica.

— — —

Texto – Andréa Arruda/Semsa e Thiago Fernando/Semcom

#semsa #pmm #manausamazonas

Postagens relacionadas

OPORTUNIDADE – Sine Manaus oferta 164 vagas de emprego nesta segunda-feira, 23/1

Paulo Apurina

TCE-AM propõe interação entre instituições para o cumprimento de metas da ONU

Paulo Apurina

Lei de Roberto Cidade que regulamenta atendimento prioritário para pessoas com Espectro Autista é sancionada

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights