BRASIL EDUCAÇÃO

Programa Jovem Senador 2024 está com inscrições abertas para alunos do Ensino Médio da rede pública

O melhor colocado será selecionado para participar da Semana de Vivência Legislativa em Brasília

O programa Jovem Senador 2024 está com inscrições abertas para alunos da 1ª a 3ª séries, do Ensino Médio, da rede pública. Idealizado pelo Senado Federal, o programa tem o objetivo de fomentar a reflexão dos estudantes quanto à política, à democracia e ao exercício da cidadania, além de proporcionar o conhecimento acerca da estrutura e do funcionamento do Poder Legislativo brasileiro. Os interessados têm até o dia 30 de abril para se inscrever.

Com a temática “Os 200 anos do Senado e os desafios para o futuro da democracia”, 27 estudantes, de até 19 anos, serão selecionados por meio de um concurso de redação. O melhor colocado de cada estado irá participar da Semana de Vivência Legislativa, no período de 5 a 9 de agosto de 2024, em Brasília.

O coordenador do programa na Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar, Antônio Menezes, destacou que em 2023 a rede pública do Amazonas contou com o total de 67 redações inscritas e que este ano o objetivo é aumentar o número de inscrições. Para o coordenador, esta é uma grande oportunidade, onde os estudantes podem ver de perto como funciona o Senado.

“O Jovem Senador é uma iniciativa que vivencia o programa político dentro da democracia, é uma educação cidadã para o estudante. É muito interessante para o estudante porque abre um leque para a realidade democrática”, explicou o coordenador.

Inscrição

O processo de inscrição do Jovem Senador 2024 está dividido em três etapas, em que a primeira consiste na inscrição e no envio da redação até o dia 30 de abril. Nesta fase, serão selecionadas, dentro das próprias escolas, a redação que desenvolver melhor a temática estabelecida pelo programa.

A segunda etapa consiste na seleção estadual. Cada escola enviará a redação escolhida para a sua respectiva coordenadoria, que encaminhará para a secretaria. Na secretaria, uma Comissão Avaliadora formada por cinco professores das áreas de Letras, Sociologia, História e Filosofia selecionará as três melhores que irão para a próxima etapa.

A terceira e última etapa é a definição do vencedor pelo Senado Federal. Esta última consiste na análise das três redações enviadas pelas secretarias de cada estado, onde a comissão julgadora selecionará uma como vencedora e, então, o aluno e o professor orientador estão automaticamente convidados para participar da “Semana de Vivência Legislativa”, com tudo custeado pelo Senado Federal.

Para obter mais informações a respeito da inscrição e orientações sobre o regulamento do programa, o estudante e a escola podem acessar o site https://www.senado.leg.br/jovemsenador.

Fonte: Senado Federal

Foto: Edilson Rodrigues

Postagens relacionadas

Voto Impresso terá sempre veto do STF, mesmo se o Congresso Nacional aprovar

Paulo Apurina

Escola da Prefeitura de Manaus recebe espetáculo teatral de São Paulo ‘Dengue: o fim da picada’

Jamil Maciel

Robótica como proposta interdisciplinar facilita o ensino-aprendizagem na educação básica, aponta pesquisa apoiada pelo Governo do Amazonas

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights