AMAZONAS

Roberto Cidade comanda votação em que foi aprovado reajuste salarial para os servidores do Legislativo Estadual

O deputado estadual Roberto Cidade (UB), presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), comandou nesta quarta-feira, 24/4, a votação de uma extensa pauta de projetos, entre eles o Projeto de Lei nº 229/2024, de autoria da Mesa Diretora, que concede reajuste no valor do vencimento dos servidores ativos e inativos da Assembleia Legislativa, em cumprimento à data-base dos servidores do Poder Legislativo. O projeto foi aprovado por unanimidade.

“Assim como ocorre desde que assumi a presidência da Assembleia Legislativa, nós cumprimos com o nosso compromisso de valorizar os servidores do Legislativo Estadual e, juntamente, com os demais parlamentares, aprovamos por unanimidade o reajuste aos servidores ativos e inativos da Aleam. O reajuste deste ano, no percentual de 3,86% para os servidores efetivos, representa uma reposição real dos últimos doze meses, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). É claro que gostaríamos que fosse ainda melhor, mas temos as nossas limitações orçamentárias. No entanto, ainda assim, ano a ano, temos conseguido dar um reajuste real aos servidores desta Casa”, afirmou o deputado presidente, na tribuna da Casa, durante a votação.

Além das reposições proporcionadas ano a ano, Roberto Cidade também concedeu, em sua gestão, um aumento real nos vencimentos dos servidores, após 13 anos.

Em dezembro de 2021, o presidente anunciou reajuste de 38% nos salários dos servidores. Os valores foram pagos de forma escalonada no ano seguinte, nos meses de janeiro, março e agosto.

Em 2023, a partir da aprovação do PL nº 296/2023, os servidores ativos e inativos da Assembleia Legislativa foram reajustados em 5,47%.

Em aparte a Cidade, durante a votação, os deputados Felipe Souza (PRD), Comandante Dan (Podemos), Mário César Filho (UB), Rozenha (PMB), Wilker Barreto (Mobiliza) e Sinésio Campos (PT) ressaltaram o compromisso do presidente em cumprir com a data-base dos servidores independentemente da diminuição da receita do Estado.

“Estou nesta Casa desde 1998 e sei que o deputado Roberto Cidade faz uma gestão que sempre cumpriu com a data-base dos servidores. Já vi aqui gestões em que isso não ocorreu. Então, parabenizo o presidente Cidade pela condução desta pauta tão importante para os servidores do Legislativo Estadual”, falou o deputado Sinésio Campos.

Responsabilização no trânsito

Na mesma sessão, foi aprovado o Projeto de Lei nº 257/2021, que dispõe sobre a responsabilização integral de condutores, por danos materiais causados ao patrimônio público estadual em casos de acidentes de trânsito provocados pelo consumo de álcool ou substâncias psicoativas. A medida visa se somar à legislação de trânsito em vigor e inibir a condução de veículo automotor em condições adversas.

Os acidentes de trânsito causados pela ingestão de álcool e pelo uso de substância psicoativas estão no topo dos atendimentos hospitalares em razão de lesões e traumas. Além disso, a combinação volante e álcool causa impacto econômico também, uma vez que invariavelmente deixa um rastro de destruição, onerando o erário.


Via Assessoria de Comunicação
Foto – Rodrigo Brelaz

#aleam #amazonas

Postagens relacionadas

Lei do deputado Roberto Cidade pretende ampliar conhecimento sobre epilepsia

Paulo Apurina

Hospital oferece pacotes exclusivos de exames para cuidados especiais no Dia das Mães

Paulo Apurina

Roberto Cidade prestigia posse de Érico Desterro como presidente do Tribunal de Contas do Estado

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights