AMAZONAS ECONOMIA

Sedecti alinha próximas etapas para a implantação de projeto bioagroindustrial

Previsão inicial é de geração de mais 4 mil empregos e instalação de 20 empresas em Rio Preto da Eva

O secretário de estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, Serafim Corrêa, e o prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Sousa, alinharam, nesta terça-feira (16/01), as próximas fases de implantação do Distrito Bioagroindustrial da Amazônia – Polo Rio Preto da Eva (Biodarpe), projeto previsto para ser inaugurado em março deste ano, com estimativa inicial de geração de mais 4 mil empregos e instalação de 20 empresas naquele município.

O projeto, que envolve os governos estadual, federal e municipal, tem a missão de gerar emprego e renda na Região Metropolitana de Manaus a partir do estímulo à agroindústria e à bioeconomia.

Nas próximas etapas, a Sedecti em parceria com a prefeitura de Rio da Eva, vai preparar uma cartilha de incentivos disponíveis para orientar os empresários que vão se instalar no Biodarpe e realizar um estudo de demanda para buscar potenciais investidores.

“Nossa próxima agenda é organizar uma reunião em Rio Preto da Eva com os empresários para apresentar os incentivos fiscais e realizar uma pesquisa com o objetivo de estudar a demanda que os potenciais investidores podem apresentar em relação à sua implantação no Distrito Bioagrolndustrial”, destacou o titular da Sedecti, Serafim Corrêa.

O prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Sousa, destacou que serão trabalhadas no Distrito Bioagrolndustrial a produção de polpa de frutas, processamento de medicamentos, fitoterápicos, entre outras mercadorias, e a meta é que até o dia 10 fevereiro, ser feitas as licitações necessárias para lançar o projeto e dar a ordem de serviço para as empresas trabalharem a terraplanagem e poder construir os galpões.

“O governador Wilson Lima, desde o início, tem acompanhado e incentivado este projeto, como também a Suframa, tem nos ajudado a consolidar este ato. E agora com a participação do presidente Lula, nós iremos realizar este grande sonho para o Amazonas e, acima de tudo, para o município de Rio Preto da Eva, que no primeiro momento irá gerar mais de 4 mil empregos diretos com essas indústrias que ali serão instaladas nessa primeira etapa”, avaliou.

Fonte: Sedecti

Foto: Vinicius Braga

Postagens relacionadas

Escola de Contas do TCE-AM realiza treinamento sobre transferências voluntárias

Vilhena

Fim de ano no Amazonas: conheça as opções de lazer no estado

Vilhena

Pleno do TCE-AM aprecia 62 processos nesta terça-feira (24)

Paulo Apurina
Verified by MonsterInsights