ESPORTE

Sem Suárez e com Arrascaeta no banco: conheça o ‘novo’ Uruguai, adversário do Brasil

Sob o comando de Bielsa, La Celeste chega para o duelo com a seleção com elenco renovado e sem nomes como Cavani e Luisito

Depois de um empate sem brilho diante da Venezuela, em plena Arena Pantanal, na última quinta-feira (12), o Brasil volta a entrar em campo nesta terça-feira (17), às 21h (de Brasília), para enfrentar o Uruguai, pela quarta rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo. O adversário passa por uma profunda reformulação, mas a saída de nomes consolidados para a entrada de uma nova geração deve ser encarada com seriedade pelos comandados de Fernando Diniz. 

Com a saída de Diego Alonso, a Associação Uruguaia de Futebol optou pelo argentino Marcelo Bielsa para comandar a renovação de uma das mais tradicionais camisas do futebol mundial.

Edinson Cavani e Luisito Suárez, que brilham no Grêmio e no Boca Juniors e são os principais nomes da geração, saíram de cena, dando lugar a jovens como Federico Valverde, do Real Madrid; Ronald Araújo, do Barcelona; e Darwin Nuñez, do Liverpool.

Do futebol brasileiro, o principal nome é o meia Arrascaeta, do Flamengo, que voltou a ser convocado após ter ficado de fora das primeiras rodadas das Eliminatórias. Arrasca, no entanto, não é titular da equipe desde antes de Bielsa e não deve figurar entre os 11 titulares no duelo contra o Brasil. 

Além dele, Sergio Rochet (Internacional), Bruno Méndez (Corinthians), Joaquín Piquerez (Palmeiras) e Agustín Canobbio (Athletico-PR) foram os atletas convocados por Bielsa que atuam no Brasil. Puma Rodríguez, do Vasco, chegou a ser chamado inicialmente, mas foi cortado por não ter vacina contra a febre amarela

O ‘louco’ início nas Eliminatórias

Sob o comando de Marcelo “El loco” Bielsa, o Uruguai tem uma vitória, uma derrota e um empate até aqui nas Eliminatórias. A estreia foi em grande estilo, em casa, batendo o Chile por 3 a 1. No entanto, na rodada seguinte, os uruguaios foram superados pelo Equador na altitude de Quito, por 2 a 1. Já na última rodada, diante da Colômbia, empate por 2 a 2. 

Os resultados podem não ser as credenciais que Bielsa desejava em seu início de trajetória na Celeste, mas o treinador já deu uma nova cara ao time e recuperou a autoestima de uma seleção tão castigada nos últimos anos por resultados decepcionantes. 

No momento, a Celeste ocupa a terceira colocação na classificação geral das Eliminatórias, com 4 pontos conquistados. 

Sob os olhares de 60 mil espectadores, o Uruguai de Bielsa receberá o Brasil nesta terça (17) num pulsante estádio Centenário, em Montevidéu, em busca de nada além da vitória.

Fonte: R7

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Seletiva dos Jogos internos do Pelci agitam núcleos de futebol

Jamil Maciel

Max Verstappen fica com a pole position para o GP da Holanda de F1

Paulo Apurina

Prefeitura de Coari abre inscrições para modalidades esportivas oferecidas pelo Centro de Treinamento de Artes Marciais

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights