AMAZONAS JUSTIÇA

TJAM promove treinamento no sistema Projudi para órgãos do Sistema de Justiça amazonense

A capacitação para os profissionais que integram os órgãos do Sistema de Justiça amazonense está acontecendo para servidores da PGE/AM

O Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), por meio da Escola Judicial (Ejud), está promovendo a capacitação no sistema Projudi para os profissionais que integram os órgãos do Sistema de Justiça amazonense e que passarão a utilizar o Projudi em decorrência da migração para o sistema de gerenciamento processual.

Na sexta-feira (24/05), o curso foi realizado na sede da Procuradoria-Geral do Estado (PGE/AM), localizada na Praça 14 de Janeiro, zona Sul de Manaus, pelo instrutor da Ejud/TJAM, Elieder Bonet Abensur, assistente de Controladoria da Assessoria de Conformidade de Controle do Tribunal. No mês passado, o treinamento aconteceu na Defensoria Público do Estado (DPE/AM).

“A Ejud com sua expertise no processo de capacitação e migração do sistema Projudi amplia sua atuação ao ministrar o curso a outras instituições que integram o Sistema de Justiça do Amazonas, com o intuito de facilitar a vida de todos operadores do direito, garantindo assim a qualidade da prestação jurisdicional”, salientou o diretor da Ejud, desembargador Cezar Bandiera.

O magistrado destacou ainda que a Ejud, seguindo com sua missão institucional de formar, atualizar e aprimorar os servidores do Poder Judiciário, no que diz respeito à prestação de seus serviços jurisdicionais, lançou no início deste mês o curso “Projudi 4.0” na modalidade autoinstrucional.

A capacitação é dividida em 8 módulos, sendo os de número 1 a 6 e 8, destinados aos servidores que fazem parte das Varas de 1.º Grau, e o de número 7 para os de 2.º Grau. O conteúdo do curso abrange desde as funcionalidades do sistema Projudi, uniformização dos fluxos procedimentais e administrativos, criação de rotinas cartorárias eletrônicas, mensuração de atividades da Secretaria e Assessoria, até mecanismos de busca no sistema.

Projudi

É um software livre de tramitação de processos judiciais mantido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), utilizado pelas comarcas do interior do estado do Amazonas desde setembro de 2007. Em agosto do ano passado, o TJAM iniciou o processo de unificação do sistema utilizado no estado, com a migração de unidades judiciais da capital, que antes utilizavam o SAJ.

#ParaTodosVerem: A imagem que ilustra a matéria mostra o auditório onde o curso foi ministrado com a presença de diversos servidores da Procuradoria-Geral do Estado.

Texto: Elisângela Araújo | Ejud
Foto: Carlos Eduardo Barbosa | Ejud

VIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL / TJAM

#tjam #projuditjam #amazonas #pgeam

Postagens relacionadas

FUnATI abre inscrições gratuitas para o curso Educador Social do Envelhecimento

Jamil Maciel

Alterações na ‘Lei das Sacolas Plásticas’ são publicadas e estabelecimentos terão um ano para se adequarem

Paulo Apurina

Ipaam aplica mais de R$ 76 milhões em multas durante Operação Tamoiotatá II

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights