ESPORTE

John Textor, dono da SAF do Botafogo, provoca o Palmeiras em rede social

O dono da SAF do Botafogo, John Textor, respondeu e ironizou nesta terça-feira um possível interesse do Palmeiras no atacante Júnior Santos. Além disso, deixou uma alfinetada para o clube paulista, que disputou o Campeonato Brasileiro do ano passado com o time do Rio de Janeiro.

“O Palmeiras deveria comprar em outro lugar. Jogadores do Botafogo preferem (jogar) 11×11”, afirmou o comandante na rede social X.

A provocação se dá por conta da virada do Palmeiras sobre o Botafogo por 4 a 3, na qual Textor reclamou da arbitragem e disse publicamente que o jogo foi um “roubo”. O jogo válido pela pela 31ª rodada foi decisivo para o Alviverde se sagrar campeão do torneio em 2023. A partida teve um lance polêmico, a expulsão do zagueiro Adryelson, que causou a revolta do empresário americano.

“Não é para cartão vermelho, ele mudou o jogo. Isso é corrupção, isso é roubo. Por favor, me multem, Ednaldo, mas você precisa renunciar amanhã de manhã. É isso que precisa acontecer. Esse campeonato se tornou uma piada”, exclamou John Textor na época.

Além disso, o Fogão contratou a empresa “Good Game” no fim do ano passado para analisar os erros de arbitragem na competição. Textor diz que no relatório apresentado o Botafogo teria 21 pontos a mais do que o Palmeiras. Segundo o estudo, as falhas dos juízes dariam dez pontos a mais para o clube carioca e 13 a menos para o time paulista.

Fonte: Gazeta Esportiva

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Eliminatórias: com brilho de Neymar e Raphinha, Brasil goleia Uruguai

Paulo Apurina

Casa de Praia Zezinho Corrêa vira palco para competição de grappling e jiu-jítsu neste sábado, 3/2

Jamil Maciel

Sob comando de Diniz, Brasil tem o seu pior início na história das Eliminatórias

Jamil Maciel
Verified by MonsterInsights