MEIO AMBIENTE

Manaus é líder do Norte com R$ 1,2 bilhão de investimentos em saneamento básico

Com o serviço de abastecimento de água universalizado, Manaus é a cidade brasileira que mais evoluiu na oferta de água tratada para a população, sendo a capital do Norte do país que mais investiu em saneamento básico e a sexta cidade com maior volume de investimentos, ultrapassando o patamar de R$ 1,2 bilhão, enquanto que as demais capitais nortistas investiram, juntas, R$ 1,3 bilhão em saneamento, conforme dados do Ranking do Saneamento 2024, elaborado pelo Instituto Trata Brasil.

Na esteira da curva de crescimento do saneamento da capital amazonense, a inclusão de mais de 650 mil manauaras nas tarifas sociais de água e esgoto teve uma contribuição significativa na melhoria da qualidade de vida das famílias beneficiadas, sobretudo com a implantação da Tarifa 10, benefício criado há um ano em Manaus, o qual tem proporcionado mais saúde e dignidade para as pessoas residentes em palafitas, becos, rip-raps e em situação de vulnerabilidade social.

“Nesta data simbólica, quando é celebrado o Dia Mundial da Água, comemoramos o avanço do serviço de abastecimento de água e a expansão do saneamento básico aos manauaras residentes em áreas vulneráveis da cidade, garantindo dignidade e mais qualidade de vida a essas pessoas. Esse foi um desafio que lancei para a concessionária lá no início da gestão e que tem trazido resultados positivos para a população de Manaus”, disse o prefeito de Manaus, David Almeida.

Para o diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), Elson Andrade, o cenário dos últimos quatros anos de gestão da Prefeitura de Manaus, no âmbito do saneamento básico, tem sido de ascensão. “A nossa curva é a do crescimento. Fizemos muito pelo saneamento. A Prefeitura de Manaus, por meio das ações da concessionária, levou água tratada para áreas historicamente esquecidas, como os becos, palafitas e rip-raps. Expandimos o saneamento básico para comunidades afastadas. São mais de 200 mil pessoas que passaram a ter água de qualidade nas torneiras de suas casas pela primeira vez”, destacou Elson.

O diretor da Ageman ressaltou, ainda, que, há um ano, foi criada uma Tarifa Social exclusivamente para as famílias mais vulneráveis. “Tudo isso é dignidade, saúde e vida. Não há como não enxergar esses benefícios e ainda vem muito mais com o aumento da cobertura do esgoto”, explicou.

Atualmente, o serviço de esgotamento sanitário está disponível para aproximadamente 30% da população e com o ‘Trata Bem Manaus’, cujas obras estão em diversas partes da cidade, a capital terá o serviço de esgoto universalizado em cumprimento às metas do Novo Marco Legal do Saneamento Básico.

A iniciativa, que está inserida no Plano Diretor de Esgoto, será a maior ação de expansão do esgotamento sanitário que Manaus já recebeu nos últimos 30 anos e representará um investimento médio de R$ 2 bilhões, além de ampliar a cobertura do serviço de esgoto, proporcionando mais saúde para a população, vai refletir na preservação ambiental com a recuperação dos igarapés, na atração de novos investimentos e na valorização imobiliária da capital.

“O Trata Bem Manaus é um plano constante, de longa duração, e que vai representar uma transformação na cidade. Uma transformação visível, com a possibilidade de termos novamente os igarapés limpos e também mais saúde, com a redução dos índices de doenças de veiculação hídrica”, afirmou o diretor-presidente da concessionária Águas de Manaus, Diego Dal Magro.

Fonte: Ageman

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Temporal causa interrupção de energia e abastecimento de água tratada fica comprometido

Jamil Maciel

Assembleia Legislativa apresenta Projetos e Leis para coibir queimadas e as consequências no Amazonas

Paulo Apurina

Prefeitura de Manaus vai adquirir R$ 2 mi em insumos agrícolas para piscicultores e avicultores da zona rural

Jamil Maciel
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights