BRASIL POLÍTICA

Primeira-dama, Janja da Silva, será madrinha do novo submarino da Marinha do Brasil

Outras primeiras-damas já batizaram uma embarcação da Marinha do Brasil. Esta embarcação terá capacidade para 35 militares.

Na próxima quarta-feira (27), a Marinha do Brasil lançará ao mar o submarino “Tonelero”, construído aqui no Brasil. A primeira-dama, Janja da Silva, será a madrinha dessa nova embarcação que será usada na Amazônia Azul, faixa oceânica sob responsabilidade do país.

O evento ocorrerá no litoral do Rio de Janeiro, com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e do presidente da França, Emmanuel Macron.

Esta não é a primeira vez que uma primeira-dama batiza uma embarcação da Marinha do Brasil. Em 2018, Marcela Temer, esposa do ex-presidente Michel Temer, batizou o primeiro submarino da classe “Riachuelo”. Em 1937, a primeira-dama Darcy Vargas, esposa de Getúlio Vargas, batizou o navio de escolta “Parnaíba”.

Sobre o submarino
O submarino é equipado com seis tubos de armas capazes de lançar torpedos, mísseis antinavio e minas. Possui sensores acústicos, eletrônico-ópticos e ópticos, além de equipamentos de guerra eletrônica. É um dos quatro submarinos de propulsão diesel-elétrica no âmbito do Programa de Desenvolvimento de Submarinos da Marinha (Prosub).

O Prosub prevê a transferência de tecnologia francesa para a construção de embarcações nacionais. Assim, o submarino Tonelero, que será lançado ao mar, guarda semelhanças com os submarinos construídos pelo país europeu. A tripulação do submarino será composta por 35 militares.

Fonte: CNN

Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Ministério da Saúde diz que vacinação de crianças deve começar em Janeiro

Paulo Apurina

Com grande audiência e relevantes discussões, Ouvidoria do TCE-AM encerra 5º Simpósio Nacional de Ouvidorias

Paulo Apurina

Saúde: Brasil investe R$ 3,4 bi para quintuplicar produção de vacinas

Paulo Apurina
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Verified by MonsterInsights