JUSTIÇA

TCE-AM inicia plano de aperfeiçoamento dos sistemas de fiscalização das contas públicas

Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (17), as secretarias de Tecnologia da Informação (Setin) e de Controle Externo (Secex) do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) discutiram o desenvolvimento de ferramentas para aprimorar as atividades fiscalizatórias.

O encontro teve a participação dos secretários Stanley Scherrer e Allan Bezerra e dos diretores de Projetos e Inovação (Diproj), Saulo Coelho Lima, e de Inteligência Artificial (Dinar), Arlesson dos Anjos.

Durante a reunião, o diretor da Dinar apresentou ferramentas que serão importantes na atividade fiscalizatória dos auditores no decorrer do exercício, como a automação das transferências voluntárias e atos de pessoal, além do ChatTCE, inteligência artificial da Corte para consulta de informações e processos.

“Nossa presidente, conselheira Yara Amazônia Lins, solicitou um aperfeiçoamento dos procedimentos, e dentro dessa diretriz, temos questões como automatização e utilização da inteligência artificial. São tecnologias que podem aprimorar o trabalho do controle externo, e os chefes e diretores puderam, nessa reunião, ter uma noção do portfólio de projetos e programas oferecidos pela Secretaria de Tecnologia”, destacou o secretário da Secex, Stanley Scherrer.

“O gestor sabe da área dele, por isso tomamos a iniciativa de conversar com os gestores, para aperfeiçoar, de forma tecnológica, as atividades do controle externo. Será um caminho de muito trabalho, nessa fase estamos fazendo um levantamento de dados para, assim, fazer a ‘mágica’ acontecer”, disse o secretário da Setin, Allan Bezerra, ao destacar a automatização de diversos serviços que auxiliam na fiscalização dos auditores.

Plataformas de fiscalização

No âmbito das transferências voluntárias, foi apresentada a tela de controle de envio dos processos, oferecendo um direcionamento e instrução das ferramentas disponíveis, como controle de andamento e informações do julgamento.

A automação de atos de pessoal também tem sido aperfeiçoada pela Setin, com adequações para a melhoria do sistema na prestação de contas dos atos, facilitando o serviço para os gestores jurisdicionados e os técnicos responsáveis pelas análises documentais.

A plataforma permite a identificação automática de recorrências de contratações temporárias, admissões nos três meses anteriores às eleições e admissões nos últimos 180 dias de mandato do gestor.

ChatTCE

Com tecnologia semelhante ao Chat-GPT (ferramenta mundialmente conhecida por dialogar com o usuário, por meio de inteligência artificial, fornecendo informações com base nos dados adquiridos por meio da internet), o Chat-TCE, no âmbito da Corte de Contas, utiliza como base dados de processos julgados, fornecendo informações precisas aos servidores para auxiliar em novas instruções processuais.

A ferramenta é exclusiva para uso interno dos servidores que atuam em instrução processual. Nela, podem ser feitas perguntas sobre processos específicos, tipos de documento em diferentes exercícios, comparação de documentos de unidades diferentes em um mesmo contexto e elaboração de documentos.

Fonte: TCE-AM

Foto: Filipe Jazz

Postagens relacionadas

STF determina apuração de crimes contra comunidades indígenas

Paulo Apurina

Prefeitura de Manaus apresenta medidas de proteção nas escolas municipais ao Ministério Público

Jamil Maciel

Mais de 16 mil artigos escolares são fiscalizados pelo Ipem durante operação “Volta às Aulas”

Vilhena
Verified by MonsterInsights